terça-feira, 26 de junho de 2018

Vamos ao Cinema #1 - "Adrift"


Título: À Deriva
Título Original: Adrift
Realizador: Baltasar Kormákur
Atores: Shailene Woodley, Sam Claflin
Data de Estreia: 14 de Junho 2018
País de Origem: USA
Gênero: Ação, Aventura, Drama, Romance
Duração (min): 96 minutos
Para maiores de 12 

Sinopse: 
Do realizador de "Evereste" e protagonizada por Shailene Woodley ("A Culpa é das Estrelas" e "Divergente") e por Sam Claflin ("Viver Depois de Ti" e saga "Jogos da fome"). Baseado na inspiradora história verídica de dois espíritos livres cujo encontro fortuito os leva ao amor e, mais tarde, à aventura de uma vida. Quando Tami Oldham (Woodley) e Richard Sharp (Claflin), dois ávidos velejadores, se aventuram numa viagem pelo oceano fora, não se apercebem que estão a dirigir-se para um dos mais catastróficos furacões alguma vez registados. Após a tempestade, Tami acorda e encontro Richard gravemente ferido e o seu barco destruído. Sem esperança num possível resgate, Tami terá de encontrar a força e determinação para se salvar a si e ao único homem que alguma vez amou.

Opinião:
Decidi ir ver este filme ao cinema, em vez de ir ver o filme "O Hereditário" (um filme de terror que a minha mãe e a minha irmã decidiram ir ver e para ser sincera não gostaram lá muito). 
Quando vi pela primeira vez o trailer do filme achei logo que iria gostar, mas ao mesmo tempo fiquei com medo de não ser tão bom quanto isso, já que não via muitas opiniões.
Na sala de cinema só estava-mos 7 pessoas, isso deixou-me logo apreensiva, já que a sala era grande estava praticamente vazia. Fui à última sessão de uma Sexta-Feira e estranhei tão pouca gente, mas continuava com esperanças que o filme pudesse ser bom, já que era inspirado numa história verídica.

PODE CONTER SPOILER

Tal como podem ler na sinopse, o filme conta a história de um casal Tami (shailene Woodley) e Richard (Sam Claflin), os dois californianos e ambos com sonhos pela frente. Tami tinha decidido viajar de mochila às costas e um dia a sua paragem é no Taiti, tal como Richard, este viajava no seu veleiro e parou na costa do Taiti para conhecer novos povos e novas culturas. 
Acabam por se apaixonar e pouco depois é lhes proposto fazer uma grande viagem de barco até à Califórnia, mas esta viagem acaba por tornar-se o maior pesadelo da vida dos dois apaixonados.
Quando são apanhados por uma tempestade em alto mar, tentam superar esse grnade obstáculo, mas a tempestade é mais forte que a sua esperança. Após a tempestade, Tami ainda se mantinha no barco mas Richard tinha desaparecido, quando a namorada o encontra ele está gravemente ferido e têm que ultrapassar uma viagem sem recursos suficientes até encontrarem terra.
Mas será que tudo é o que parece?
Não... Aqui começam as alucinações e o desespero. A história torna-se cada vez mais emocionante e estranha.
Após 41 dias à deriva em alto mar será que Tami e Richard sobrevivem, será que tudo não passou de um pesadelo, ou será que só um deles conseguiu sobreviver!?

FIM DO SPOILER

Uma das coisas que mais gostei neste filme foram os flashback entre cenas. Percebemos constantemente que a Tami se está a lembrar de tudo o que viveu nos últimos tempos, incluindo a tempestade e tenta a todo o custo sobreviver.
Durante todo o filme conseguimos ver a química entre os protagonistas, a fidelidade que mantiveram à história original, o que para mim é extremamente importante.
Adorei a representação da Shailene e do Sam, dois grandes atores.
Nos últimos minutos do filme percebemos tudo o que aconteceu após a tempestade e recebemos uma mensagem de força e de esperança de que independentemente das dificuldades que enfrentes, se formos corajosos iremos conseguir superar tudo.

A minha avaliação do filme : 10 estrelas 


A Vossa Gothic Clare
Enviar um comentário