segunda-feira, 5 de março de 2018

Violência Psicológica no Trabalho


 Olá a todos!!!
 Hoje decidi escrever sobre um tema que me é bastante pessoal....
 Hoje venho falar-vos sobre Violência Psicológica no Trabalho.

 Quando começamos a trabalhar pensamos sempre que vamos ter colegas que nos vão ajudar e apoiar a superar as nossas dificuldades mas também pensamos que vamos ter patrões que vão saber ouvir e tentar que nos sintamos bem no nosso local de trabalho.
 Mas nem sempre é assim....
 Talvez para um novo trabalhador (alguém que tem pouca experiência) estas situações sejam mais comuns, mas muitas vezes o exagero pode levar a resultados devastadores.
 A Violência Psicológica no Trabalho é um tema muito sério e que tem uma carga penal grande. Como todos sabem quando alguém é vítima deste tipo de violência pode apresentar uma queixa contra o seu agressor (seja este físico ou psicológico).
 Ter um(a) colega que nos está constantemente a humilhar, a dizer que não sabemos fazer o nosso serviço, que nos servimos para nada é horrível. Estes comportamentos não são normais e quando acontecem (connosco ou com outros colegas) devemos falar com os nossos patrões e explicar o que estamos a sentir e a viver com aquela situação. Ao mesmo tempo ao falarmos sobre o que está a acontecer o primeiro que pedimos é que uma atitude seja tomada.
 Mas quando a atitude que estamos tanto à espera que aconteça não acontece devemos por um ponto final nas agressões, seja apresentando uma queixa nas entidades responsáveis, quer seja com uma atitude mais radical (demitir-se, agir perante outros, falar publicamente do assunto).
 Sei que muitos pensam que pedir a demissão é um ato covarde e que só demonstra fraqueza, mas para muitos outros que vivem estas situações é o último recurso. Também sei que nem todos vão ser bons colegas, mas a violência é intolerável, quer sejas novo ou não.
 Ao sermos vítimas deste género de violência acabamos por sofrer consequências que se podem tornar devastadoras, como por exemplo depressão, exaustão, ataques de pânico, hospitalizações por causa da pressão constante a que estamos presentes. E finalmente estas consequências levam-nos a procurar medicamentos que nos ajudem a controlar os nossos sentimentos e emoções, como antidepressivos, calmantes, medicação para dormir...
 Por estes motivos devemos dizer BASTA!!!!

 Eu decidi dizer BASTA!!!
 Não só para a violência mas também para a humilhação diária.
 Sei que muitos não vão concordar com a minha atitude, mas depois de pedir para que uma acção fosse tomada por parte dos patrões e isso não ter acontecido, a minha única solução foi demitir-me, mesmo precisando do trabalho.
 Não interessa qual o trabalho, nem com quem aconteceu a situação, mas já não aguentava mais.
 Chegar a casa todos os dias nervosa e a chorar, começar a tomar calmantes para controlar o stress, ter sempre receio de ir trabalhar e do que me iriam dizer, não conseguir ser verdadeira com o resto dos elementos do grupo de trabalho, não ser capaz de mostrar um sorriso sincero durante as 8 horas que estava a trabalhar num espaço muito curto. Ter de olhar para o rosto da pessoa que nos está a fazer sentir mal todos os dias e durante 8 horas de trabalho diárias.
 Esta não sou eu, esta foi a pessoa que criaram com as agressões psicológicas.
 Quando já não aguentava mais decidi falar com os meus patrões e a resposta que obtive foi «pois e ainda por cima ficaste na mesma equipa, mas não posso fazer nada os horários já estão decididos vais ter de te manter no mesmo turno». Esta não é a atitude correta a ter, esta é a atitude de alguém incapaz de chefiar uma equipa de trabalho, alguém que só quer ganhar dinheiro independentemente daquilo que os seus funcionários estão a sentir.
 Acho que aquilo que realmente queriam era que eu tomasse a decisão de me vir embora e eles não terem que me despedir sem causa.
 Em tão pouco tempo de trabalho naquele espaço mudei e muito....4

 Por isso já sabem o que devem fazer se passarem por uma situação destas....
 Não tenham medo de falar, não tenham medo de apresentar queixa.

 DIGAM BASTA, CHEGA, DENUNCIEM!!!!!!

A VOSSA GOTHIC CLARE 

Enviar um comentário