domingo, 25 de junho de 2017

Nos Braços do Vagabundo - Opinião


Título: Nos Braços do Vagabundo
Autor: Letícia Brito
Nº de páginas: 127
Editora: Chiado Editora
Data de publicação: Setembro 2016
ISBN: 978-989-51-8427-9
P.V.P: 11.00€
Compra Aqui

Sinopse: No amor não há contas, se somares um mais um, o resultado não será matemático, o resultado é um. Sofia e Francisco eram a prova viva de que no amor não há espaço para equações, quando equacionavam os corpos, equacionavam as almas e eram apenas um só. Desde os dezassete anos, o plano deles fora bem simples: ficar juntos para o resto das suas vidas. Um plano que qualquer outra pessoa do seu círculo de amigos concordaria ser praticável. Mas um dia, invejoso, o destino resolveu separar os dois jovens e levar Sofia ao extremo de uma depressão que quase lhe tirou a vida.
Na primeira parte desta narrativa, Sofia ter-nos-ia dito que é impossível superar a perda do primeiro amor. Ser forte sozinha não é a melhor opção. Desistir do amor, também não. E Sofia sabia melhor do que ninguém que aquele amor que a consumia, poderia resultar, porque o amor tem essa particularidade: se é verdadeiro, supera todas as dores.
Nos Braços Do Vagabundo é um thriller apaixonante, cativante, dramático e emocionalmente manipulador sobre a doença do séc. XXI; a depressão, aliada ao sentimento mais poderoso de todos – o amor, porque o amor não é amor se não doer e se não for sentido com profundidade. 

Opinião: Uma história fantástica e emocionante.
Neste livro ficamos a conhecer a história de vida de Sofia uma rapariga que quando perde o amor da sua vida, se vê a ser invadida por uma depressão crónica, que a persegue por todo o lado.
Só quem viveu uma depressão, ou quem tem familiares com esta doença sabe o difícil que é ultrapassar e viver com esta doença, considerada do séc XXI.
A autora conseguiu nestas 127 páginas transmitir o que é viver com transtorno depressivo, o que é a vida de uma pessoa com esta doença.
É verdade que ficamos a conhecer neste livro muitos termos médicos que quase ninguém conhece. Letícia não só descreve a depressão, como descreve também o que é a dor, o amor, a morte, a saudade.
Descreve também o que é a dismorfofobia e outras doenças como a Leucemia.
Um grande trabalho de pesquisa que conseguiu transferir para esta história.
Muito obrigada Letícia por me teres enviado o ebook do teu livro gostei muito e aconselho vivamente todos a lerem, porque vale muito a pena.

Com apoio: Letícia Brito

A vossa Gothic Clare
Enviar um comentário