domingo, 18 de setembro de 2016

O Homem Pintado - Opinião


Título Original: The Painted Man
Autor: Peter V. Brett
Nº de páginas: 606
Editora: Gailivro
Preço: 19,90€

Sinopse: Por Vezes. Há boas razões para recear a escuridão...
Num mundo povoado por demónios que dominam a noite, forçando os seres humanos a esconderem-se atrás de guardas mágicas à espera que o sol nasça,o jovem Arlen assiste ao massacre da sua família por causa da cobardia do pai. A partir desse momento tudo muda e Arlen parte numa viagem de descoberta que o levará a percorrer o mundo e a conhecer Leesha e Rojer. Os três são a última esperança da humanidade na luta contra os demónios. Só que por vezes os demónios mais difíceis de vencer são os que trazemos dentro de nós.
Para aqueles que procuram o novo grande nome de fantasia a espera terminou. Ele é Peter V. Brett, comparável a muitos mas diferente de todos, oferece-nos uma história brilhante que nos prende da primeira à última página. Dizer que é uma obra magistral é pouco para descrever a história épica da luta de Arlen, Leesha e Rojer para salvar a humanidade condenada a viver num medo permanente da noite e dos demónios que ela encerra.

Opinião: Comprei este livro à uns anos por volta de 5€ a 10€.
Demorei a decidir se queria lê-lo ou não, mas este mês decidi juntá-lo à minha TBR.
A verdade é que ao fim de 1 mês de estar a ler, adorei a história, a forma como o autor escreve, a ideia de toda a narrativa estar em volta da luta contra os demónios é algo extremamente diferente de tudo o que já li até agora.
Algo que gosto muito neste livro é que ele está dividido em 4 partes, cada uma delas com uma fase diferente da vida dos 3 protagonistas. Começa ainda na sua infância, passa para a sua adolescência e finalmente na sua idade adulta. Durante todo o livro reparamos que grande parte das personagens deste livro são analfabetas e que esta é uma das grandes dificuldades destas pessoas para poderem comunicar com as suas famílias.
Arlen, Leesha e Rojer mostram uma coragem única enquanto lutam e enfrentam os perigos da noite para poderem salvar os habitantes do Outeiro do Lenhador.
Podemos ver neste livro que apesar de todos os obstáculos que a vida nos apresenta quando existe um acontecimento que poderá levar à morte de uma comunidade inteira, mesmo aqueles que só querem o mal, acabam por se unir e ajudar da melhor forma que podem e lutam lado a lado contra o mesmo demónio, neste caso a noite.

A minha avaliação é obviamente 5*****

A vossa Gothic Clare  

Enviar um comentário