sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Os Ficheiros Spellman


Título Original : The Spellman Files
Autor: Lisa Lutz
Nº de Páginas: 358
Editora: Editorial Presença
Preço : 18,17€

Sinopse: Bem vindo ao mundo da família Spellman. Eles são divertidos, muito unidos, calorosos e extremamente competentes e dedicados ao seu trabalho. Bom, talvez um bocadinho dedicados demais...
Donos de uma agência de investigação privada que emprega quase todos os membros da família, desenterrar os segredos das vidas alheias é a coisa mais natural no seu dia-a-dia. O pior é quando já não conseguem separar o trabalho da vida pessoal...
Significa isto que a mãe investiga o passado dos namorados da filha Izzy de 28 anos, o pai vai deixando escutas espalhadas pela casa como quem não quer a coisa e a filha mais nova, Rae, de apenas 14 anos, chantageia-os a todos com fotografias comprometedoras. Izzy, porém, decidiu que a única forma de fugir ao caos é abandonar o negócio de família.
Mas para isso terá de resolver um último caso e, quando Rae desaparece, essa sim será para todos a investigação das suas vidas - ainda que de uma forma totalmente inesperada!

Opinião:
Mas que livro!!!
Como todos já devem ter percebido, custa-me sempre um pouco ler estilos literários diferentes, mas por vocês tudo.
Quando comecei a ler "Os Ficheiros Spellman" fiquei com receio de o achar muito chato e não conseguir acabar de o ler, mas a verdade é que a partir de meio do livro começou a crescer a ação e acabei por ficar apaixonada pela história de Izzy, Rae e a sua família.
Izzy sempre foi uma criança rebelde, mas com a idade não melhorou, aos 28 anos continua sem conseguir uma relação amorosa que dure mais de 3 meses e sempre, ou quase sempre, mentia aos seus namorados sobre a sua profissão. Rae uma adolescente de 14 anos, é muito parecida com a irmã, rebelde, mas muito ligada à família e ao trabalho como investigadora privada. O resto da família são uns maníacos pelo trabalho, até chegam ao ponto de colocar microfones no quarto da filha mais velha e de a terem vigiada 24h por dia.
Neste livro encontramos muita utilização da ironia, de perguntas retóricas e um pouco de metáfora.
Durante toda a história a comédia foi o ponto forte, mas no final acabamos por reconhecer um pouco de drama, com a morte do tio Ray e com o desaparecimento de Rae.
A verdade é que acabo de ler o livro emocionada e com as lágrimas no conto dos olhos.
Aconselho vivamente a lerem esta história super divertida e cheia de ação.

Avaliação : 6/10

A vossa Gothic Clare

Enviar um comentário