quinta-feira, 14 de abril de 2016

Sexta - Feira ou a vida selvagem


Título Original : Vendredi ou la vie sauvage
Autor : Michel Tournier
Nº de páginas : 111
Editora : Editorial Presença

Sipnose : Robinson não poderá nunca voltar ao mundo que deixou. Então, palmo a palmo, edifica o seu pequeno reino. Tem uma casa, fortalezas para se defender, um criado, Sexta-Feira, que lhe é dedicado de alma e coração. Tem mesmo um cão, que envelhece calmamente ao sol de Speranza. A ilha é um pequeno  baluarte de civilização e tudo parece ir pelo melhor. A verdade é que todos três se aborrecem. Sexta-Feira nada compreende da organização, das leis, dos rituais que tanto agradam a Robinson. Escapa-lhe a razão de ser dos campos cultivados, dos rebanhos, das fortalezas. Mas então dá-se um acontecimento inesperado...
Esta obra é uma versão adaptada de Vendredi ou les Limbes du Pacifique, do mesmo autor.

Opinião: Apesar de já ter lido este livro uma primeira vez quando estava no 7º ano, não compreendi a história. Neste momento depois de ler uma segunda vez até fui capaz de conseguir entendê-la. Mas a verdade é que não gostei do livro, acho que foi um livro mal conseguido.
Não é por não gostar de ler clássicos, porque não seria verdade, mas porque não acho que o enredo seja interessante, apesar de falar sobre a importância da amizade e da forma extraordinária que podemos viver só com os bens essências.
Vejo neste livro alguns erros de construção frásica, algumas mudanças que ao longo dos anos se foram dando na escrita e que melhoraram muito a escrita mundial. Talvez também não tenha gostado tanto por ser um livro de um autor francês.

A pontuação é 1 em 10

A vossa Gothic Clare



Enviar um comentário