quarta-feira, 18 de abril de 2018

Encontro Com o Passado - OPINIÃO


Título: Encontro com o Passado
Autor: Diana Pinto
Editora: Chiado Editora
Nº de Páginas: 158
Data de Publicação: Novembro/2017
ISBN: 978-989-52-1303-0
P.V.P: 11,00€


Sinopse:
21 anos passaram após aquele 9º ano infernal. Hoje, Patrícia é professora e tem a infelicidade de regressar a esse estabelecimento escolar onde completou o ensino básico. A escola continua a ter fama de problemática, os assassinatos não terminaram e as memórias não param de atormentar Patrícia.
Ao voltar, ela reencontra a antiga colega, Diana, que hoje trabalha como detetive e que está a tentar resolver os homicídios.
À medida que os cadáveres vão surgindo, as duas descobrem que tudo leva aos seus antigos tempos no último ano de ensino básico. E, antes que ocorra mais uma morte, as antigas colegas percebem que têm que arriscar a própria vida para descobrir o mistério.

Opinião:
Tal como dá para entender através da sinopse "Encontro com o Passado" é a continuação do primeiro livro da autora "A Escola do Terror".
Este livro acontece 21 anos após os acontecimentos, ou seja, após os homicídios, que aconteceram naquele 9º ano infernal, na turma de Diana e Patrícia.
Patrícia ao fim de 21 anos é professora e vai ter que regressar à sua antiga escola onde terminou o ensino básico. Já Diana, após ter que terminar o ensino secundário na mesma escola onde fez o 9º ano, torna-se polícia e 21 anos depois regressa infiltrada para tentar descobrir quem é o famoso assassino que assombra a escola, o 666.
Passando para a opinião, na realidade nem sei bem o que dizer sobre o livro. Achei que este segundo livro é mais adulto que o primeiro, principalmente pelas suas personagens serem mais velhas. A ação está muito bem construída e o mistério mantêm-se até ao último capítulo. Em nenhum momento do livro conseguimos entender quem é o assassino, apesar de entendermos que todos estão envolvidos de alguma maneira e que todos têm segredos a esconder.
Continuo a gostar dos capítulos curtos e bem estruturados que a autora faz. E gostei principalmente do final.

Acho que qualquer pessoa é capaz de gostar deste livro mas para poderem entender a 100% a história têm de ler primeiro "A Escola do Terror".

A Minha avaliação foi de 3 estrelas.

Com apoio de



A Vossa Gothic Clare

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Felizmente Há Luar - OPINIÃO


Título: Felizmente Há Luar
Autor: Luís de Sttau Monteiro
Editora: Areal Editores
Nº de Páginas: 140
Data de Publicação: 1961
ISBN: 978-972-627-744-6
P.V.P: 13,30€


Sinopse:
Denunciando a injustiça da repressão e das perseguições políticas levadas a cabo pelo Estado Novo, a peça Felizmente Há Luar!, publicada em 1961, no mesmo ano de Angústia para o Jantar, esteve proibida pela censura durante muitos anos. Só em 1978 foi pela primeira vez levada à cena, no Teatro Nacional, numa encenação do próprio Sttau Monteiro.
Eu sou um homem de teatro concreto, real, de palco. Para mim, o teatro surge quando está no palco, quando estabelece uma relação social, concreta, num povo e num grupo. O livro meramente, ou o texto, tem para mim muito pouco significado, apesar de eu ser um autor teatral. (...) Se vocês são o teatro do futuro, eu sou o do passado. Eu sou um homem para quem só conta o espectáculo.
Estas são palavras proferidas por Luís de Sttau Monteiro, publicadas em Le Théatre sous la contrainte, Atas do Colóquio Internacional realizado em Aix-en-Provence, de 4 a 5 de Dezembro de 1985, publicadas pela Universidade de Provence, em 1988.
É com esta citação que o Professor José Oliveira Barata, autor de Para Compreender Felizmente Há Luar!, estudo publicado também por Areal Editores, ilustra o facto de o texto dramático constituir apenas um primeiro passo para fomentar, em quem ensina e em quem aprende, o gosto pelo Teatro, entendido como expressão cultural socialmente condividida.

Opinião:
 Luís de Sttau Monteiro foca-se na tentativa frustrada da revolta liberal e empenha-se em criar uma crítica à sociedade portuguesa do século XIX, erguendo a voz contra as injustiças cometidas nessa altura.
 Este livro escrito em forma de guião, é de leitura fácil, rápida e intemporal. Aborda temas como a injustiça social, a imoralidade, a tirania, a falta de liberdade de expressão.
 Apesar de não ter gostado muito quando li na escola, fiquei com curiosidade de voltar a ler e tentar entender se poderia gostar mais do que da primeira vez que li.
 Independentemente de ter entendido muito melhor o conceito do texto não consegui gostar muito mais do que da primeira vez que li.
 Por estes motivos decidi dar 3 estrelas.

A Vossa Gothic Clare

Irmandade - OPINIÃO


Título: Irmandade
Autor: Mariza Martins
Editora: Chiado Editora
Nº de Páginas: 428
Data de Publicação: Novembro/2015
ISBN: 978-989-51-5456-2
P.V.P: 12,00€

Compra Aqui

Sinopse:
"Quem me dera que ele me tivesse morto. Seria tudo tão mais fácil. Todavia, não morri, por isso, irei algum dia renascer das cinzas?"
Jade conquistou uma segunda oportunidade; uma nova vida, obrigando-a a integrar uma comunidade secreta residente na Ilha de Skye, cujas verdadeiras origens remontam à constelação Draco. Rebelde e de espírito livre, Jade é confrontada com os demónios do seu passado, com as emoções do seu presente e com os perigos que ameaçam o seu futuro, assim como o de toda a comunidade.
Irmandade é um Romance Fantástico que alia aventura, romance e misticismo, abordando o poder do amor-próprio, a busca pela felicidade e pela liberdade. Entra neste mundo fantástico, pois a Irmandade e os segredos que nela se escondem esperam por ti!

Opinião:
 "Irmandade" conta-nos a história de Jade, uma rapariga que sofreu toda a sua vida, primeiro o abandono da família quando ainda era criança e depois com a violação que sofreu no dia em que encontra a sua pedra preciosa, uma Jade. Antes ela era a Nuria.
 Depois de encontrar a pedra ela sente que tudo está a mudar nela, desde o seu corpo, cabelo, sentimentos e emoções. Desta forma ela decide procurar o seu violador e acaba por se vingar, matando-o. Quando toma a decisão de visitar a campa do seu violador encontra Ruby, um ex-dragão fogo que lhe conta toda a verdade e leva-a até à Irmandade na ilha Skye, o local onde habitavam todos os dragões existentes na terra.
 A ação do livro está dividida em várias personagens, Jade, Cedric, Esmeralda, Kevin e Brandon.
 Acho que este é um livro com uma escrita extremamente simples e fácil de compreender. A construção das personagens foi muito bem conseguida, pois conseguimos destingir bem uns dos outros e assim não nos confundimos, o que para mim é especialmente importante.
 Ter um mundo fictício bem construído e bem centrado é muito importante e em grande parte dos casos leva a que o leitor goste mais ou menos de um livro. Neste caso estas características levaram-me a adorar a história e a embrenhar-me por completo na história de cada personagem, nos seus sentimentos, nas suas emoções. Consegui emocionar-me em certos momentos, assustar-me noutros. Senti aquela vontade extrema de chegar ao fim do livro para saber como acabava a história e como seria a vida das personagens dali em diante depois da reviravolta que a história levou em certo momento.
 Dou os meus parabéns à Mariza Martins por este livro extraordinário e pela sua criatividade e simplicidade na escrita.
 Dei 5 estrelas porque achei que é um grande livro e porque sinto que o irei querer reler.   


A Vossa Gothic Clare

sábado, 7 de abril de 2018

Li Até à Página 100... #15 - "Irmandade"


1 - Primeira Frase da Página 100.
  «Em contrapartida, isso tornava-me mais forte e resistente do que elas.»

2 - De que se trata o livro?
  Num mundo onde os dragões existem, Jade, que antes se chamava Núria, é violada por um colega. Após este acontecimento marcante ela encontra uma pedra preciosa, uma Jade, e tudo muda na sua vida.
  Ela acaba por sentir que o seu corpo está a sofrer transformações e um sentimento de vingança começa a crescer dentro dela, acabando por mudar o seu violador. Quando decide visitar a campa do seu violador, encontra Ruby que acaba por lhe contar toda a verdade sobre a sua realidade e ele leva-a para a ilha de Skye, o local onde habitam todos os dragões existentes na terra, cerca de 40.
  Apesar de todos os sentimentos desencontrados que Jade tem dentro dela, vai existir um líder que acaba por "roubar-lhe" o coração, Cedric, mas mesmo assim Jade decide não libertar os seus sentimentos e despreza-o o máximo que consegue, magoando-se ainda mais.
  Ela é um Dragão de Fogo.....

3 - O que estás a achar até agora?
  Estou a gostar muito, é um livro de leitura muito fácil e rápida.
  Apesar de ser Fantasia, não acho que seja muito direcionada para um público muito jovem (12/15) anos, mas sim acho que já se enquadra numa fantasia mais adulta.
  Tem uma linguagem simples de compreender e personagens muito bem construídas e caracterizadas.
  Conseguimos facilmente saber quem é quem e onde se enquadram na história o que para mim é extremamente importante.

4 - O que estás a achar da protagonista?
  A Jade é uma rapariga muito fria, tem muito medo de amar outra pessoa e de ser amada, mas ao mesmo tempo é uma dragão muito forte, destemida, corajosa e guerreira.

5 - Melhor quote até agora.
  Esta quote é da página 105. «Agora sentia-me bem, porque estava nos céus. Agora sentia-me bem, porque estava a voar. Agora sentia-me bem, porque estava calma e podia pensar, longe das confusões que se alojavam no solo.»

6 - Vais continuar a ler?
  Simmmmmmm....

7 - Última frase da página 100.
  « - Cedric disse que sou o teu parceiro e... que temos de treinar...»

A Vossa Gothic Clare

quarta-feira, 4 de abril de 2018

A Última Noite em Tremore Beach - OPINIÃO


Título Original: La Última Noche en Tremore Beach
Título: A Última Noite em Tremore Beach
Autor: Mikel Santiago
Editora: Jacarandá
Nº de Páginas: 334
Data de Publicação: Maio/2015
ISBN: 978-989-8752-70-3
P.V.P: 17,90€


Sinopse: 
Um compositor que perdeu a inspiração.
Uma casa isolada numa praia irlandesa.
Uma noite de tempestade que pode mudar tudo.
Peter Harper é um prestigiado autor de bandas sonoras que, após um divórcio ocmplicado, se refugia num lugar perdido da costa irlandesa a fim de recuperar a inspiração. Situada perto duma praia enorme e solitária, a casa de Tremore Beach anuncia-se como o local indicado. Tudo parece perfeito... até que, certa noite, rebenta tempestade.

Opinião:
 Finalmente ao fim de 2 meses consegui terminar "A Última Noite em Tremore Beach".
 Este foi provavelmente o livro que mais me custou a ler, desde a primeira página achei que algo não ia correr bem durante a leitura, mas com o passar dos capítulos foi piorando e tornando-se real o meu pressentimento, o livro foi um dos piores que li até agora. Não foi o pior mas foi um deles.
 O livro conta-nos a história de Peter Harper um compositor de bandas sonoras, que após um divórcio complicado decide isolar-se na costa irlandesa, mais propriamente em Tremore Beach. Depois de vários meses na casa da praia sozinho e de ter unicamente a companhia dos seus vizinhos, Leo e Marie, Peter sofre um acidente grave. É atingido na cabeça por um raio. A partir deste momento tudo começa a mudar na sua vida, sonhos muito estranhos, premonitórios, ataques de sonambulismo e medos que nunca antes tinha sentido ou presenciado.
 Durante a leitura começamos a entender como vai ser o final do livro, toda a história se desenrola a volta dos sonhos de Peter e quando chegamos às últimas 70 páginas, já sabemos como será o final.
 Este foi um dos motivos que me levou a não conseguir gostar da história, é extremamente previsível, não existem novidades nem surpresas. Outro dos motivos foi a ação ser muito lenta,em certos momentos parece que se mantém sempre da mesma forma, sem desenvolvimento.
 As personagens em si são muito fáceis de compreender, apesar de eu achar que Peter é muito depressivo e calculista, gosta de saber sempre tudo, tem a curiosidade muito apurada, mas mesmo assim não acredita no seu sexto sentido que lhe poderia ter salvo a vida e transformado por completo o final da história.

 Por todos estes motivos decidi classificar este livro com 3 estrelas. Num princípio pensei que poderia chegar a dar 4 estrelas, mas no final não deu.

A Vossa Gothic Clare

terça-feira, 3 de abril de 2018

Library Wars: Love and War , Vol.3 - OPINIÃO


Título: Library Wars: Love & War, vol.3
Autor: Kiiro Yumi e Hiro Arikawa
Nº de Páginas: 200
Editora: VIZ Media
ISBN: 978-1-4215-3490-9
P.V.P: 7,70€

Sinopse:
 In the near future, the federal government creates a committee to rid society of books it deems unsuitable. The libraries vow to protect their colletions, and with help of local governments, form a military group to defend themselves - the Library Forces!
Iku is witness to a disturbance during a Board of Education speech on protecting children from the danger of books. The perpetrators are two young boys protesting the banning of their favorite books. But while Iku wants to reach out to the next generation of book lovers, Dojo insists that they can't play favorites. Will Dojo's prickly insistence on sticking to the rules ruin their budding friendship?

Opinião:
Comprei este Manga no ano passado no Iberanime.
E na realidade não fiquei muito entusiasmada para o ler, especialmente porque não era o primeiro da série mas sim o 3º volume.
A história fala-nos de uma força policial que protege as bibliotecas e os livros de um grupo de extremistas que só querem abominá-los da face da terra e afastar os jovens da cultura literária. Mas no meio de tanto drama com a guerra que se está a aproximar existe uma casal de protagonistas que poderá estar a perceber que não são unicamente colegas de trabalho. Iku Kasahara e Dojo, dois polícias que se dão extremamente mal.
No final da leitura acabei por gostar muito e de sentir a necessidade de conseguir encontrar os próximos volumes para saber como acaba a história. Afinal ler Manga não é tão difícil quanto isso. No princípio ler da direita para a esquerda confundiu-me um pouco e tive que recomeçar por duas vezes o livro, mas depois acabei por me habituar e por gostar.
Decidi pontuar com 4 estrelas pois a falta dos 9 capítulos iniciais realmente fizeram muita diferença.
Mas aconselho a 100% a lerem Manga's e principalmente esta série.


A vossa Gothic Clare

quinta-feira, 22 de março de 2018

Li até à página 100... #14 - "A última noite em Tremore Beach"


1 - Primeira frase da página 100.
   «... Arbelaus e, caramba, este ano tinha começado em grande: com uma briga, dois meses depois de começarem as aulas.»

2 - De que se trata o livro?
   " A última noite em Tremore Beach" conta-nos a história de Peter Harper, um compositor de bandas sonora que depois de um divórcio complicado, perde a inspiração. Então decide refugiar-se numa zona perdida da costa irlandesa, situa-se numa praia isolada e enorme a casa de Tremore Beach. Tudo corre normalmente, apesar de a inspiração não voltar, até que uma noite depois de um jantar em casa dos únicos vizinhos, uma tempestade eléctrica muda tudo.
  A partir desta tempestade e principalmente do momento em que Peter é atingido por um raio, a sua vida vai tornar-se num caos, com premonições e sonhos muito estranhos.

3 - O que estás a achar até agora?
   Até agora não estou a gostar muito. Acho que a ação do livro é muito lenta e não tem desenvolvimento, pelo menos agora nesta primeira parte do livro.

4 - O que estás a achar do protagonista?
   Muito sinceramente, acho que Peter é um pouco chato, demasiado curioso e na minha opinião não é muito inteligente ao não acreditar no seu sexto sentido que poderia mudar tudo na sua vida.

5 - Melhor quote até agora.
  --------

6 - Vais continuar a ler?
   Não tenho a certeza, mas TALVEZ!!!!!

7 - Última frase da página 100.
   « As gerações são como uma grande orgasmo, e imagino que eu era o espermatozóide sortudo que conseguira  chegar ao óvulo dos músicas que vivem do seu trabalho.»


A Vossa Gothic Clare

sexta-feira, 9 de março de 2018

Contos : Comédia Urbana - Opinião


Título: Contos - Comédia Urbana
Autores: Ring Lardner e James Joyce
Editora: Rosto Editora,LDA
Coleção: Biblioteca de Verão 2011 (#24)
Nº de Páginas: 63
ISBN: 978-989-8520-32-6

Opinião:
Este não foi dos livros que mais gostei e é sem dúvida alguma o livro com pior pontuação até agora.
Relativamente aos contos individuais:
1º - "A Lua-de-Mel de Ouro" : Este conto fala-nos da história de uma casal, Lucy e Charles, que está a celebrar as bodas de ouro, 50 anos de casados, e que vai passar "a lua-de-mel de ouro", que decorre no inverno, em St Peterburg na Flórida. Durante a viagem, que dura cerca de 1 mês e 1 dia, encontram-se com o ex-noivo de Mrs Lucy e acabam por viver situações muito caricatas.
A Este conto dei 2 estrelas, é divertido mas não me chamou muito à atenção.
2º - "Dia de Celebração na Sala de Reuniões" : Sobre este conto não sei muito. Na realidade como não gostei absolutamente nada e não o compreendi, acabei por não decorar nada da história. Sei que fala sobre um dia numa campanha eleitoral e que é protagonizado pelos apoiantes de um dos candidatos, falam também de um "Rei sem coroa" que morreu e que deixou todos com saudades, mas de resto não sei mais nada.
Dei 2 estrelas pois o final do conto é muito interessante. Tem um poema escrito por um dos apoiantes desse tal "Rei sem coroa" que passa muito sentimento.

De forma geral decidi dar as 2 estrelas ao livro porque a diferença de temas nos contos não ajudou a que ficasse com curiosidade em ler mais dos autores e muito menos a ter vontade de acabar o livro.


A Vossa Gothic Clare

segunda-feira, 5 de março de 2018

Violência Psicológica no Trabalho


 Olá a todos!!!
 Hoje decidi escrever sobre um tema que me é bastante pessoal....
 Hoje venho falar-vos sobre Violência Psicológica no Trabalho.

 Quando começamos a trabalhar pensamos sempre que vamos ter colegas que nos vão ajudar e apoiar a superar as nossas dificuldades mas também pensamos que vamos ter patrões que vão saber ouvir e tentar que nos sintamos bem no nosso local de trabalho.
 Mas nem sempre é assim....
 Talvez para um novo trabalhador (alguém que tem pouca experiência) estas situações sejam mais comuns, mas muitas vezes o exagero pode levar a resultados devastadores.
 A Violência Psicológica no Trabalho é um tema muito sério e que tem uma carga penal grande. Como todos sabem quando alguém é vítima deste tipo de violência pode apresentar uma queixa contra o seu agressor (seja este físico ou psicológico).
 Ter um(a) colega que nos está constantemente a humilhar, a dizer que não sabemos fazer o nosso serviço, que nos servimos para nada é horrível. Estes comportamentos não são normais e quando acontecem (connosco ou com outros colegas) devemos falar com os nossos patrões e explicar o que estamos a sentir e a viver com aquela situação. Ao mesmo tempo ao falarmos sobre o que está a acontecer o primeiro que pedimos é que uma atitude seja tomada.
 Mas quando a atitude que estamos tanto à espera que aconteça não acontece devemos por um ponto final nas agressões, seja apresentando uma queixa nas entidades responsáveis, quer seja com uma atitude mais radical (demitir-se, agir perante outros, falar publicamente do assunto).
 Sei que muitos pensam que pedir a demissão é um ato covarde e que só demonstra fraqueza, mas para muitos outros que vivem estas situações é o último recurso. Também sei que nem todos vão ser bons colegas, mas a violência é intolerável, quer sejas novo ou não.
 Ao sermos vítimas deste género de violência acabamos por sofrer consequências que se podem tornar devastadoras, como por exemplo depressão, exaustão, ataques de pânico, hospitalizações por causa da pressão constante a que estamos presentes. E finalmente estas consequências levam-nos a procurar medicamentos que nos ajudem a controlar os nossos sentimentos e emoções, como antidepressivos, calmantes, medicação para dormir...
 Por estes motivos devemos dizer BASTA!!!!

 Eu decidi dizer BASTA!!!
 Não só para a violência mas também para a humilhação diária.
 Sei que muitos não vão concordar com a minha atitude, mas depois de pedir para que uma acção fosse tomada por parte dos patrões e isso não ter acontecido, a minha única solução foi demitir-me, mesmo precisando do trabalho.
 Não interessa qual o trabalho, nem com quem aconteceu a situação, mas já não aguentava mais.
 Chegar a casa todos os dias nervosa e a chorar, começar a tomar calmantes para controlar o stress, ter sempre receio de ir trabalhar e do que me iriam dizer, não conseguir ser verdadeira com o resto dos elementos do grupo de trabalho, não ser capaz de mostrar um sorriso sincero durante as 8 horas que estava a trabalhar num espaço muito curto. Ter de olhar para o rosto da pessoa que nos está a fazer sentir mal todos os dias e durante 8 horas de trabalho diárias.
 Esta não sou eu, esta foi a pessoa que criaram com as agressões psicológicas.
 Quando já não aguentava mais decidi falar com os meus patrões e a resposta que obtive foi «pois e ainda por cima ficaste na mesma equipa, mas não posso fazer nada os horários já estão decididos vais ter de te manter no mesmo turno». Esta não é a atitude correta a ter, esta é a atitude de alguém incapaz de chefiar uma equipa de trabalho, alguém que só quer ganhar dinheiro independentemente daquilo que os seus funcionários estão a sentir.
 Acho que aquilo que realmente queriam era que eu tomasse a decisão de me vir embora e eles não terem que me despedir sem causa.
 Em tão pouco tempo de trabalho naquele espaço mudei e muito....4

 Por isso já sabem o que devem fazer se passarem por uma situação destas....
 Não tenham medo de falar, não tenham medo de apresentar queixa.

 DIGAM BASTA, CHEGA, DENUNCIEM!!!!!!

A VOSSA GOTHIC CLARE 

quinta-feira, 1 de março de 2018

Passatempo "Once Upon A Time - Da Literatura para a Série de TV" | Parceria com Chiado Editora

 Título: Once Upon A Time - Da Literatura para a série de TV
 Autor: Sandra Trabucco Valenzuela
 Nº de páginas: 234
 Editora: Chiado Editora
 ISBN: 978-989-51-8808-6

                  Sinopse:
 Era uma vez uma menina que amava livros.
 Era uma vez livros que viravam ideias, imagens. Imagens que se moviam. Movimento. Uma televisão, uma série. Um desejo, uma curiosidade, um ímpeto. Alguém que os acolhesse: projeto ganhando corpo.
 Era uma vez um era uma vez.

 Toda a história tem um começo. Neste livro, Sandra Trabucco Valenzuela, formada em Letras, escritora e pesquisadora premiada e professora universitária no campo das artes e do audiovisual, busca rastrear a transposição de personagens clássicas dos contos de fada, como Branca de Neve, Príncipe Encantado, o anão Zangado e Rumplestiltskin, para a primeira temporada da série televisiva Once Upon A Time, produzida pela rede Norte-Americana ABC, ligada à Disney. Para isso, Sandra lança mão de fundamentação teórica pertinente e variada, tecendo sua reflexão a partir de autores que pensam a pós-modernidade, como Baudrillard, até os que analisam a construção tradicional de narradores e personagens em sua relação com o mito e com os símbolos, como Benjamin Campbell. A discussão sobre gêneros (oralidade, fantástico, mágico) e sobre a intertextualidade (com o próprio cinema, inclusive) fundamentam seu pensamento, ancorando-o no amplo espectro dos Estudos Comparados de Literatura e evidenciando alguns aspectos contemporâneos da linguagem televisiva e as relações interssemióticas entre literatura e audiovisual.

Regras:
1ª - Habitantes de Portugal Continental e Ilhas
2ª - 1 participação por pessoa
3ª - Seguir Blog e Canal (Link em "BLOG" e "Canal")
4ª - Partilha Pública do Passatempo Obrigatória
5ª - Preencher o Formulário (link em baixo)
6ª - A escolha do vencedor será efectuada pelo Random 

7ª - O Passatempo começa no dia 1/03/2018 até dia 15/03/2018
8ª - No dia 17 será anunciado o vencedor do passatempo
9ª - O livro será enviado pela Chiado Editora

PASSATEMPO ENCERRADO

VENCEDORA:
MARIA DE FÁTIMA FIGUEIREDO






segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Novidades Março || HarperCollinsIbérica

HarperCollins Ibérica


Título: A Conspiração da Senhora Parrish
Autor: Liv Constantine
Data de Publicação: Março 2018
Nº de Páginas: 400 
Formato: 15,5 x 23 SOLAPAS
Tema: Thriller
PVP: 18,90€
ISBN: 978-84-9139-254-5

Sinopse:
Amber Patterson está farta. Está cansada de não ser ninguém: uma mulher simples e invisível que passa despercebida. Merece mais: uma vida de dinheiro e poder como a de que desfruta Daphne Parrish, uma deusa loura de olhos azuis. Para todos os habitantes da exclusiva cidade de Bishops Harbor, no Connecticut, Daphne - filantropa da alta sociedade - e o marido Jackson, magnata imobiliário, são um casal que parece saído de um conto de fadas.
A inveja de Amber poderia consumi-la ... caso não tivesse um plano. Começa por usar a compaixão de Daphne para se envolver na sua vida familiar, primeiro passo de um esquema meticuloso para prejudicá-la. Amber não tarda a converter-se na maior confidente de Daphne, viajando para a Europa com os Parrish e as suas filhas encantadoras e aproximando-se cada vez mais de Jackson. Mas um segredo do passado poderá destruir tudo o que Amber ambiciona.
E se for descoberto, o seu plano bem engendrado poderá mesmo cair por terra. Com reviravoltas surpreendentes e segredos obscuros que o mantêm agarrado à história até ao final, A Conspiração da Senhora Parrish é um thriller suculento e viciante, resultante de um grande talento criativo.



Título: Casa de Espiões
Autor: Daniel Silva
Data de Publicação: Março 2018
Nº de Páginas: 512
Formato: 15,5 x 23 SOLAPAS
Tema: Thriller
PVP: 18,90€
ISBN: 978-84-9139-255-2

Sinopse:
Do autor de A Viúva Negra, número um da lista dos mais vendidos do The New York Times, eis um novo sucesso literário protagonizado por Gabriel Allon, espião lendário, assassino profissional e restaurador de arte. Agora, em Casa de Espiões, Gabriel Allon está de volta e disposto a vingar-se, decidido a capturar o terrorista mais perigoso do mundo, o esquivo cérebro do ISIS, mais conhecido como Saladino.
Quatro meses depois do maior atentado ocorrido em território americano desde o 11 de Setembro, os terroristas deixam um rasto de morte no exclusivo West End londrino. O atentado é fruto de uma brilhante proeza de planificação levada a cabo no mais rigoroso sigilo, com um único erro: uma ponta solta. Essa ponta solta conduzirá Gabriel Allon e a sua equipa ao sul de França, até à luxuosa mansão de Jean-Luc Martel e Olivia Watson. Olivia, uma bela ex-modelo britânica, finge não saber que a enorme riqueza e Martel procede do tráfico de droga. E Martel, por sua vez, finge ignorar que está a fazer negócios com um homem cujo objectivo é a destruição do Ocidente. Juntos, sob a mão hábil de Gabriel, converter-se-ão numa improvável dupla de heróis na luta global conrta o terror.


sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Novidades Fevereiro || Infantil e Juvenil (Oficina do Livro; Dom Quixote)

Oficina do Livro


Título: Mistério 8 - O Mistério do Ladrão Invisível
Autor: Enid Blyton
Data de Publicação: 20 Fevereiro
Nº de Páginas: 184
ISBN: 978-989-74-1887-7
P.V.P: 9,90€

Sinopse: Ao descerem até ao rio em direção à Herdade Frinton, a actual hospedaria, as crianças não viam ninguém, mas, às tantas, repararam numa figura solitária sentada num barco, perto da margem, curvada sobre uma cana de pesca e com uma indumentária estranhíssima!
Ficaram ali especados a observar aquela personagem excêntrica. Será ela a responsável pelos roubos? Um novo mistério que os Cinco Descobridores querem solucionar!


Título: Histórias em Verso para Meninos Perversos
Autor: Roald Dahl
Ilustrações: Quentin Blake
Data de Publicação: 27 Fevereiro
Nº de Páginas: 64
ISBN: 978-989-74-1770-2
P.V.P: 5,50€

Sinopse: Seis histórias que toda a gente conhece, recriadas pelo irreverente e corrosivo humor de Roald Dahl e magnificamente ilustradas por Quentin Blake, numa ótima tradução de Luísa Ducla Soares.
«Pensam vocês que sabem esta história?
Mas a que têm na vossa memória
É só uma versão falsificada,
Rosada, tonta e açucarada
Feita para as crianças inocentes
Não terem medo, ficarem contentes.»

Dom Quixote


Título: Vampirina 1 - Vem Conhecer a Vampirina
(Nova personagem da Disney)
Data de Publicação: 20 Fevereiro
Nº de Páginas: 32
ISBN: 978-972-20-6423-1
P.V.P: 8,80€

Sinopse: Vem conhecer a Vampirina!
E vais descobrir como é ser uma miúda vampiresca a viver num mundo de humanos!


Informação cedida por Grupo LEYA


Novidades Fevereiro || Infantil e Juvenil (Caminho; Gailivro)

Caminho



Título: Que Exagero!
Autor: Chico Bolila (texto e ilustração)
Data de Publicação: Esta semana nas livrarias
Nº de Páginas: 40 
ISBN: 978-972-21-2900-8
P.V.P: 12,90€

Sinopse: Esta é a história de um menino aventureiro e sonhador. Onde os adultos veem perigo, ele só vê diversão e alegria. É a imaginação que lhe permite voar e sonhar. Mas se exagero.


Título: As Gémeas Fazem Anos
Autor: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada
Data de Publicação: 20 Fevereiro
Nº de Páginas: 40
ISBN: 978-972-21-2897-1
P.V.P: 9,90€

Sinopse: Nova Coleção - Ler é uma Aventura
Mini aventura para os mais novos. Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada escreveram, Arlindo Fagundes ilustrou.
Uma história envolvente e apelativa que contribuirá para estimular o amor aos livros e o desejo de aprender a ler. E que enternecerá os que foram leitores da coleção Uma Aventura, por encontrarem as personagens quando eram mais novas e por ficarem a saber como o Caracol entrou na vida das gémeas. Com os mesmos heróis da coleção Uma Aventura.


Título: Rosa, Minha Irmã Rosa
Autor: Alice Vieira
Data de Publicação: 27 Fevereiro
Nº de Páginas: 120
ISBN: 978-972-21-2905-3
P.V.P: 11,00€

Sinopse: Nova edição com nova capa
Mariana, filha única, tem dez anos quando Rosa nasce. Agora vai partilhar tudo com a irmã: o quarto, o tempo dos pais, o afeto da família - incluindo a Avó Elisa que desconfia do progresso, e a Tia Magda, que tem um dente de ouro, uma fada que mete medo e só gosta de estrelícias e antúrios. Mas pelo menos a recordação da Avó Lídia e a amizade de Rita ela não quer dividir com mais ninguém. Será que Rosa vai continuar a ser «uma intrusa»?


Gailivro


Título: Rei Cru
Autor: Adam Stower
Data de Publicação: Esta semana nas livrarias
Nº de Páginas: 176
ISBN: 978-989-23-4122-4
P.V.P: 11,00€

Autor: Adam Stower é um premiado autor e ilustrador de obras infantojuvenis. Aclamados internacionalmente, os seus livros têm sido premiados, quer em Inglaterra quer noutros países. Entre eles, destaca-se, em 2010, o RED HOUSE BOOK AWARD, pelo livro Bottom's Up! (da autora de Jeanne Willise) e, em 2013, o WANDA GAG READ-ALOUD BOOK AWARD (EUA), pelo livro Silly Doggy!

Sinopse: O Livro REI CRU foi, em grande parte, inspirado nas memórias que Adam guarda dos tempos em que brincava nos bosques com o seu irmão Matt, e do período que passou num colégio interno com 462 anos, no norte de Norfolk.
Adam vive em Brighton com a mulher,a filha e o gato de estimação, Murray.


              Informação cedida por Grupo LEYA

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Maratona Literária dos 122 Dias - #ML122Dias - Possível TBR


Ano Novo, maratona nova.....
Esta maratona chama-se Maratona Literária dos 122 Dias - #ML122Dias  e foi criada pelos blogues Flamesmr e Linked Books
A maratona decorre entre os dias 10 de Fevereiro e 10 de Junho (até ao inicio do verão).
Os desafios estão relacionados com datas comemorativas que decorrem dentro do período da maratona.
Nesta publicação vou apresentar-vos a minha possível TBR , apesar de poder sofrer mudanças com o decorrer da maratona.
Tal como nas maratonas anteriores irão haver prémios, mas estes ainda são desconhecidos. Só contam livros começados e terminados dentro do período da maratona, se quisermos contar livros que começamos a ler antes do início da maratona só contam as páginas que forem lidas durante a maratonas.

Aqui estão os desafios e as minhas possíveis leituras:

1 - Carnaval - Ler um livro de um autor brasileiro: "Once Upon a Time - Da literatura para a série de TV"

2 - Dia dos Namorados - Ler um Romance: "Corações em Silêncio" Nicholas Sparks

3 - Ano Novo Chinês - Ler um livro de um autor chinês ou cuja história se desenrole na China: ??

4 - Dia Europeu da Vítima de Crime - Ler um Policial: "Alex Cross" James Patterson

5 - Dia Internacional da Vida Selvagem - Ler um livro com um animal (não doméstico) na capa: "O Ressurgir dos Eternos Titãs" R.C.Vicente

6 - Dia Internacional da Mulher - Ler um livro escrito por uma mulher: "A Adepta" Agnes Arabela Marques

7 - Dia Branco - Ler um livro de capa maioritariamente branca: "Senhor Monstro" Dan Wells

8 - Dia do Pai - Ler um livro escrito por um autor masculino: "Preso 374" Carlos Cruz

9 - Dia Mundial da Criança - Ler um livro infantil, ou uma banda desenhada, ou mangá, ou edição ilustrada ou graphic novel: "Megabat" Anna Humphrey

10 - Dia Internacional da Felicidade - Ler um livro de humor (cómico ou divertido): ??

11 - Dia Mundial da Poesia - Ler um livro de poesia: "Os Lusíadas" Luís de Camões

12 - Dia do Autor Português - Ler um livro de um autor/autora português(a): "Irmandade" Mariza Martins

13 - Dia Mundial do Teatro - Ler um livro de teatro: "Felizmente há luar" Luís de Sttau Monteiro

14 - Dia das Mentiras - Ler um livro de Ficção Científica: "Duna - volume 1" Frank Herbert

15 - 25 de Abril - Ler um livro Português publicado na década de 70: " 25 de Abril - Documento"

16 - Dia do Trabalhador - Ler um livro cujo protagonista tenha uma profissão que admires ou que gostarias de ter: ??

17 - Dia do Sol - Ler um livro que te faça lembrar o Verão: "Uma Viagem Espiritual" Nicholas Sparks

18 - Dia da Europa - Ler um livro escrito por um autor europeu: ??

19 - Dia do Duende - Ler um livro de Fantasia: "Despertada" P.C.Cast + Kristin Cast

20 - Dia dos Irmãos - Ler um livro dividido em dois ou mais volumes (nota: para contar este desafio deves ler todos os volumes dessa obra): "Guerra dos Tronos" (2 volumes) George R.R. Martin

E não nos podemos esquecer dos desafios extra (cada desafio concluído acresce 25 páginas):

1 - Carnaval - Tirar uma foto mascarada ou com mascarados e o livro que está a ler no momento

2 - Páscoa - Tirar uma foto do livro que estão a ler, rodeado de chocolates

3 - Procurar nos blogues literários um post sobre um livro que tenha lido e comentar esse post com a sua opinião sobre o livro.

4 - A Revelar
5 - A Revelar