sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Li até à Página 100 .... #17 || Harry Potter e os Talismãs da Morte


1 - Primeira Frase da Página 100.
  « - Não, o Voldemort. Acho que ele deve estar algures no estrangeiro, à procura do Gregorovitch. Aquela aldeia não me pareceu ficar em Inglaterra.»

2 - De que se trata o livro?
  "Harry Potter e os Talismãs da Morte" é o derradeiro final da série Harry Potter. Neste 7º volume da série acompanhamos Harry, Ron e Hermione na busca pelos Horcruxes.
  Mas este último volume da série não é só sobre a viagem à procura dos Horcruxes, este livro é também aquele em que temos a luta final entre Harry e Voldemort.

3 - O que estás a achar até agora?
  Estou a adorar a leitura.
  É um livro que tem ação desde a primeira página. Não é daqueles livros chatos e difíceis de ler e não é lento em desenvolvimento. A leitura é super fluida e divertida.

4 - O que estás a achar do(s) protagonista(s)?
  Neste volume encontramos 3 personagens muito mais adultas, mais fortes, mas ao mesmo tempo frias e precavidas.
  Encontramos um Harry triste, mais sozinho do que é habitual, um pouco sentimental, depois de tudo o que viveu nos últimos 7 anos, torna-se um rapaz decidido, corajoso. Harry sabe que o seu destino está traçado, sabe que para ele viver o Voldemort tem de morrer.
  Já no caso de Hermione, ela está constantemente preocupada com todos, preocupada em ter tudo organizado para a viagem e ao mesmo tempo preparada para o que possa vir a acontecer.
  Por último temos Ron, este mostra-se mais sentimental que noutros volumes, está muito preocupado com a sua família e com o que lhes poderá acontecer após iníciar a nova aventura com os seus amigos. Mas por outro lado Ron tenta também esconder o que sente.

5 - Melhor quote até agora.
  « Diz-se, ainda hoje, que nenhum duelo de feitiçaria se compara ao que foi travado entre Dumbledore e o Grindelwald em 1945.» (menção ao filme "Os Crimes de Grindelwald")

6 - Vais continuar a ler?
  Como é óbvio irei continuar a leitura e finalmente terminar aquela que é a minha série literária favorita.

7 - Última frase da página 100.
  « - Mas olha que, se eu fosse a tu fechava a braguilha à mão - advertiu-o Ron, rindo-se à socapa quando Harry se apressou a verificá-la - Tens aqui o teu presente. Desembrulha-o aqui, que não é para os olhos da minha mãe.»

A Vossa Gothic Clare

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Apresentação e TBR #BeatTheBacklist2019


 Bem Vindos!!!
 E mais uma publicação sobre este desafio anual que tenho vindo a participar nestes últimos 2 anos.
 Este ano não será diferente.
 A ideia do desafio é ler aqueles livros que temos na nossa TBR, que têm data de publicação até 31 de Dezembro de 2018.
 Contam todos os gêneros, formatos (livro físico, ebooks, audiobooks) e tamanhos.
 Só contam aqueles livros começados e terminados em 2019.

 O desafio começa no dia 1 de Janeiro de 2019 e termina a 31 de Dezembro de 2019.

 Para participar existem algumas "regras":
 1 - Publicar a backlist TBR para este ano em alguma plataforma online ( não temos obrigação em ler os livros que estejam na TBR);
 2 - Sign Up preenchendo o formulário presente no site oficial do desafio: www.novelknight.com/btb2019/ ;
 3 - Ler livros da backlist TBR e diminuar a nossal lista de livro por ler;
 4 - Partilhar os teus updates nas redes socias usando as tags oficiais: #BeatTheBacklist  e  #BeatTheBacklist2019

 Para o ano de 2019 decidi não fazer uma TBR com nomes de livros nem autores, mas sim irei fazer a minha TBR contando o nº de livros que quero ler e o nº de páginas que irei tentar atingir no final do ano.

 Desta forma aqui está a minha possível TBR:
 - Nº de livros a ler: 45 livros
 - Nº de páginas: 15.000 páginas


A Vossa Gothic Clare

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Algo Maligno Vem Aí || OPINIÃO


Título: Algo Maligno Vem Aí
Título Original: Something Wicked This Way Comes
Autor: Ray Bradbury
Editora: Saída de Emergência
Nº de Páginas: 304
Data de Publicação: Setembro/2012
ISBN: 978-989-637-455-6
P.V.P: 16,90€


Autor:
Ray Bradbury (1920-2012) é um dos autores norte-americanos mais célebres do século XX. Autor de fantasia, ficção científica e horror, e um incrivelmente talentoso contador de histórias, é conhecido pelos seus romances "Algo Maligno Vem Aí", Crónicas Marcianas e a coletânea "O Homem Ilustrado". As suas obras já conheceram inúmeras adaptações para cinema, televisão e banda desenhada ao longo das últimas quatro décadas. O seu grande clássico distópico, "Fahrenheit 451", é publicado em 2018 numa nova edição pela Saída de Emergência.

Sinopse:
O espectáculo está prestes a começar. O circo chega pouco depois da meia-noite, nas vésperas do Halloween. O que fariam se os vossos desejos secretos fossem concedidos pelo misterioso líder do circo, o Sr.Dark? 
O circo a todos chama com promessas sedutoras de juventude eterna e sonhos por cumprir... Dois amigos adolescentes, Jim Nightshade e Will Halloway, são incapazes de resistir às atrações. A sua curiosidade de rapazes fá-los descobrir o segredo oculto nos labirintos, fumos e espelhos do tenebroso circo.
Inconscientes do perigo em que se veem envolvidos, uma terrível perseguição é posta em marcha e Jim e Will tudo terão que fazer para salvar as suas vidas. 
Mas, acima de tudo, as próprias almas...

Opinião:
Para ser sincera, não sei bem o que dizer sobre este livro...
Em primeiro lugar é um clássico de terror (apesar de não ter achado que era de terror e de também poder ser considerado uma fantasia), em segundo lugar li em inglês, o que dificulta ainda mais a situação.
No ínicio comecei por estar a ler unicamente o ebook, mas após dois dias de leitura e só ter avançado 60 páginas, decidi procurar o audiobook e tentar perceber se conseguia avançar mais com o audio.
E não é que consegui realmente acabar o livro!?
Bem mas agora passando ao que achei da história... 
Quando li o título do livro, sinceramente fiquei curiosa, mas após começar a ler e ter algum conhecimento da ação do livro a curiosidade foi-se, tão simples quanto isto.
É uma história fácil de entender, mas da mesma forma torna-se difícil decifrar todos os pontos crucias do desenvolvimento das personagens e das cenas.
Existem personagens que de um momento para outro deixamos de entender quem são por causa das "viagens" temporais que vão acontecendo ao longo do livro no circo, temos também personagens que se desenvolvem tão rápido que perdemos o fio à meada.
O desenvolvimento avança demasiado rápido (apesar das 304 páginas, ou 264 em ebook). Ao princípio temos um personagem que dá um aviso de uma tempestade enorme e de um raio que irá cair sobre a casa de um dos personagens principais, mas depois nada disso acontece e do nada aparece na cidade um circo que vai transformar a história por completo, novas personagens, muitas delas incompreesiveis e estranhas de identificar.
Bem foi puzzle que infelizmente não consegui resolver.
Para além dos motivos literários, juntou-se algo que foi piorar a situação... o audiobook! Esta versão do livro é um pouco complicada de entender pois o narrador lê demasiado rápido, sem energia, sem ritmo, depois engana-se algumas vezes enquanto lê. Tornou-se bastante cansativo apesar de ter conseguido acabar o livro desta forma.
Fiquei com pena de não ter gostado desta história, mas não podemos gostar de todos os livros que lemos.

A minha pontuação é de 2 estrelas.

A Vossa Gothic Clare

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

O Diário de um Vampiro Banana 2 - Príncipe da Tansilvânia | OPINIÃO


Título Original: Prince of Dorkness
Autor: Tim Collins
Editora: Booksmile
Nºde Páginas: 223
Data de Publicação: Junho/2011
ISBN: 978-989-707-021-1
P.V.P: 13,99€


Sinopse:
Nigel Mullet é apenas um vampiro normal. Transformado aos 15 anos, Nigel vai permanecer com esta idade para sempre, obrigado a lidar com os eternos problemas da adolescência: acne, voz de valsete e falta de jeito para as raparigas. Neste seu hilariante diário, Nigel escreve pequenas crónicas sobre as suas desesperadas tentativas de chamar a atenção de Chloe, sob o constante embaraço causado pelos seus pais vampiros (que tentam morder os seus amigos).

Opinião:
 Neste segundo volume da trilogia do "Vampiro Banana", o autor apresenta-nos um Nigel um pouco diferente daquele que conhecemos no volume 1.
 "Príncipe da Tansilvânia" trás uma imagem um pouco mais clássica das histórias de vampiros... Nigel, o vampiro banana, finalmente conseguiu consquistar uma miúda, e não é uma miúda qualquer, é a Chloe, a humana de que ele tanto gostava. Com esta nova relação, Nigel descobre que afinal tem poderes vampíricos e que os consegue utilizar.
 Nigel começa a tornar-se mais confiante de si mesmo, e até um pouco de mais.
 Mas quando a vida dá uma reviravolta que ele não está a espera volta a ser aquele vampiro patético que era antes de ter começado a namorar com a Chloe.
 Mas porque será que volta tudo ao ínicio!?
 Bem isso já é mais complicado de explicar.. mas tentemos:
 1º - A Chloe está obcecada com vampiros (de esperar!!!!)
 2º - Aparece um novo elemento na família do Nigel («O Avô!!») ,  que só lhe está a dificultar a vida
 3º - Entra um novo aluno na escola, que consegue tirar o Nigel do sério e que lhe vai causar uns quantos problemas
 4º - Chloe termina relação com o Nigel e este fica deprimido
 5º - Voltam os poemas do Nigel

 Como podem ver muito mudou, mas a essência patética e banana de Nigel mantêm-se. A diversão continua, os poemas chatos continuam.
 Mas o que poderiamos esperar de uma vampiro banana????

 A Minha pontuação para este livro é de 3 estrelas..... mantém-se o nível de pontuação do anterior :P

A Vossa Gothic Clare

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

OUAT - Da Literatura Para a Série de TV || OPINIÃO


Título: OUAT - Da Literatura Para a Série de TV
Autora: Sandra Trabucco Valenzuela
Nº de Páginas: 234
Editora: Chiado Editora
Data de Publicação: Setembro/2016
ISBN: 978-989-51-8808-6
P.V.P: 11,00€


Sinopse:
Era uma vez uma menina que amava livros.
Era uma vez livros que viravam ideias, imagens. Imagens que se moviam. Movimento. Uma televisão, uma série. Um desejo, uma curiosidade, um ímpeto. Alguém que os acolhesse: projeto ganhando corpo.
Era uma vez um era uma vez.

Toda a história tem um começo. Neste livro, Sandra Trabucco Valenzuela, formada em letras, escritora e pesquisadora premiada e professora universitária no campo das artes e do audiovisual, busca rastrear a transposição de personagens clássicas dos contos de fadas, como Branca de Neve, Príncipe Encantado, o anão Zangado e Rumplestiltskin, para a primeira temporada da série televisiva Once Upon a Time, produzida pela rede norte-americada ABC, ligada à Disney. Para isso, Sandra lança mão da fundamentação teórica pertinente e variada, tecendo sua reflexão a partir dos sutores que pensam a pós-modernidade, como Baudrillard, até os que analisam a construção tradicional de narradores e personagens em sua relação com o mito e com os símbolos, como Benjamin e Campbell. A discussão sobre gêneros (oralidade, fantástico, mágico) e sobre a intertextualidade (com o próprio cinema, inclusive) fundamentam seu pensamento, ancorando-o no amplo espectro dos Estudos Comparados de Literatura e evidenciando alguns aspectos contemporâneos da linguagem televisiva e as relações interssemióticas entre literatura e audiovisual.

Profa. Dra. Fabiana Buitor Carelli
Universidade de São Paulo
 


Opinião:
 "Once Upon a Time - Da Literatura Para a Série de TV" de Sandra Trabucco Valenzuela é o resultado da pesquisa feita pela autora para o seu «pós-doutorado, desenvolvida entre 2013 e 2015, no departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo, na área de Literatura Infantil e Juvenil».
 Este livro é de certa forma uma comparação entre os Clássicos de Literatura Infantil (Contos de fadas) e as suas versões cinematográficas/televisivas. A autora tenta seguir o caminho das personagens dos contos de fadas até à sua integração nas versões audiovisuais, desta forma Sandra Valenzuela dá a conhecer aos seus leitores as mudanças que ocorrem nas personagens e nos contos de fadas, mudanças estas de responsabilidade individualdos diversos autores que reescrevem as histórias.
 Nas 234 páginas de "OUAT - Da Literatura Para a Série de TV", temos uma reflexão da autora sobre as mensagens que cada conto quer transmitir. Através da utilização de textos de vários filósofos, a autora segue o caminho filosófico de cada conto e das suas personagens.
 A autora faz a descrição de vários capítulos da 1ª Temporada da série televisiva "Once Upon a Time". Durante esta descrição, Sandra faz a comparação direta entre as duas faces das diversas personagens, por exemplo, Mary Margaret/Snow White ; Evil Queen/Regina; Prince Charming/David Nolan; Rumplestilskin/Gold...

 Partindo agora diretamente para a minha opinião....
 De uma forma geral gostei do livro, gostei principalmente da forma simples com que a autora descreve o seu ponto de vista a nível filosófico e psicológico de cada personagens e de cada conto. Desde o princípio da leitura percebemos que um dos pontos fortes da autora é a descrição e a crítica. 
 Esta em diversos momentos crítica a forma como os diferentes autores modificaram as personagens e o sentido da história, crítica tanto de forma positiva como negativa as relações interpessoais entre os personagens, as relações amorosas, as relações familiares....
 Apesar de este livro ter tantos pontos positivos, não acho que seja um livro capaz de chegar às 4 estrelas, mantive-me nas 3 estrelas já que mesmo com a facilidade de leitura, este é um género que não gosto muito e ainda por cima existem muitas repetições, desde a descrição constante das mesmas personagens, à aparição constante das mesmas cenas e dos mesmos momentos.
  
 Por estes motivos só consegui classificar com 3 estrelas

 A Vossa Gothic Clare

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Explorer Academy - O Segredo de Nebula || Já Disponível nas Livrarias


Título: Academia de Exploradores - O Segredo de Nebula
Autor: Trudi Trueit
Nº de Páginas: 224
Editora: Edições ASA
Data de Publicação: 02 / Outubro
ISBN: 978-989-234-333-4
P.V.P: 13,52€


A National Geographic estreia-se no mundo da ficção juvenil com a coleção de livros "Explorer Academy". O primeiro livro da saga - "O Segredo de Nebula" - estará à venda a partir de 2 de Outubro, em Portugal, com a chancela da ASA, uma das editoras do Grupo LeYa. Destinado aos jovens entre os 8 e os 12 anos, a coleção "Explorer Academy", da autoria de Trudi Trueit, conta a história de um rapaz de doze anos - Cruz Coronado - que deixa a sua casa no Havai para ir estudar na prestigiada Explorer Academy.
É nesta instituição que ele e mais 23 jovens de todo o mundo serão treinados para se tornarem a próxima geração de grandes exploradores. Para Cruz, no entanto, há algo mais em jogo. Assim que chega à Academia, descobre que a sua família partilha com a organização um passado misterioso que poderá colocar em perigo e seu futuro. Ele até podia dedicar-se apenas a participar nas aulas ou a resolver os enigmas que lhe são lançados, a fazer novos amigos ou a divertir-se nas mais incríveis expedições de realidade aumentada; mas Cruz terá forçosamente de encontrar a resposta para as maiores questões da sua vida: Quem anda atrás dele... e porquê?

Uma referência mundial em temas de exploração e ciência ao longo de mais de 130 anos, a National Geographic dá agora um salto para o mundo da ficção com o lançamento desta nova série de livros destinada ao público jovem. Jornalistas, cientistas e exploradores da National Geographic Society foram a fonte de inspiração para as aventuras e histórias narradas ao longo da coleção. As suas descobertas, que envolveram alta tecnologia e os mais modernos métodos de investigação, foram a base para contar a história de Cruz Coronado.
Com o lançamento de 1 livro por ano, cada volume foca-se em vários temas centrais do universo da National Geographic, nomeadamente a geografia, a história e a arqueologia, os enigmas do cosmos, o desenvolvimento da ciência e da tecnologia com base na engenharia e na matemática, bem como a exploração de vários locais do mundo e das suas culturas.

A autora norte-americana Trudi Trueit, responsável por mais de 100 livros para jovens leitores, escreveu esta saga com a preocupação de cada livro funcionar como uma publicação independente. Mas também com o objetivo de cada um deles fazer parte de uma experiência concebida e produzida para que as personagens e a narrativa funcionem em várias plataformas, desde os livros impressos ao suporte digital, em vários tipos de ecrãs.

Para Luís Fernambuco, diretor geral da National Geographic Partners em Portugal, "É nossa convicção que a educação e a partilha do conhecimento, através de uma narrativa inspiradora e credível, são uma ferramenta poderosíssima para transmitirmos às próximas gerações a importância pelo respeito dos valores humanistas e da conservação do nosso planeta. Com a coleção "Explorer Academy" procuramos transmitir estes valores ao público mais jovem, através de uma história empolgante e com personagens com as quais ele se possa identificar, até porque são inspiradas em pessoas e projectos de investigação reais. Estou certo que os nossos jovens leitores se irão imaginar a eles próprios em muitas destas aventuras e que com esta coleção estaremos a contribuir para a criação de uma nova geração de exploradores portugueses."

Nas palavras de Vítor Silva Mota, editor infantojuvenil da ASA/LeYa, "trata-se de uma coleção verdadeiramente apaixonante, não só pelo ritmo acelerado da narrativa e pelas voltas e reviravoltas da história, mas também - e talvez sobretudo - pela credibilidade da mesma, que faz com que os leitores se identifiquem automaticamente com as situações descritas e se sintam quase como que mergulhados na própria aventura. As componentes humanista, ecológica e científica, que sempre foram apanágio da National Geographic, estão bem presentes ao longo do livro e não deixarão com certeza de inspirar os leitores a perseguir os seus próprios sonhos de acordo com aqueles valores. Por tudo isto, foi com muito satisfação que a ASA abraçou desde o primeiro momento esta parceria com a National Geographic e é agora com muito orgulho que publica o primeiro volume daquela que promete vir a ser uma série de referência para o futuro."

A VOSSA GOTHC CLARE

domingo, 23 de setembro de 2018

Wrap Up da Maratona Literária das Palavras de Verão


Olá meus queridos!!!!!

 Ontem, dia 22/09/2018, às 23:59h, terminou mais uma maratona criada pela Roberta do blogue e canal FLAMES e pela Cristina do blogue LinkedBooks.
 Esta maratona decorreu entre os dias 22 de Junho e 22 de Setembro.
 Foram três meses de muitas leituras e muito convivio no grupo da maratona.....

 Quando a Maratona começou ainda pensei criar uma TBR e publicar aqui no blogue, mas depois acabei por mudar de ideias e decidi manter uma TBR só para mim, que poderia mudar a qualquer momento e consoante a minha vontade de ler no momento. Ou seja, durante estes três meses de maratona muitas coisas me foram passando pela cabeça e foram muitas as mudanças de última hora.
 Em certos momentos não tinha vontade de ler, outras vezes ficava cansada da minha leitura do momento e pegava noutro livro, bem isto foi acontecendo durante toda a maratona.
 E acreditem que este ano as minhas leituras foram muito prejudicadas pela resaca literária que tive.
 Mas mesmo assim ainda consegui ler 9 livros durante a maratona, ou seja terminei 9 desafios literários, 1 desafio extra (foto de como os meus livros me fazem feliz). Foram um total de 2159 páginas lidas e 25 páginas extra (desafio foto).
 Para quem leu menos do que é normal no verão até que não foi mau de todo.
 E agora deixo-vos aqui a minha lista de leituras, desafios e nº de páginas por livro:

 Desafio 3 - Ler um livro que te foi oferecido ou que gostarias que te tivessem oferecido - 254 páginas

 Desafio 4 - Ler um livro de um género literário que nunca leste ou que raramente lês - 492 páginas

 Desafio 6 - Ler um livro de um autor brasileiro ou cuja ação decorra no Brasil - 68 páginas (começado mas não terminado)

 Desafio 11 - Ler um livro que já andes para ler há muito tempo - 606 páginas

 Desafio 12 - Ler um livro do teu género favorito - 302 páginas

 Desafio 13 - Ler um livro com menos de 100 páginas - 21 páginas (não é esta edição)

 Desafio 16 - Ler um livro cuja capa tenha um qualquer animal aquático - 152 páginas

 Desafio 18 - Ler um livro com a palavra PAZ no título, ou cujo título tenha as letras com as quais se pode formar a palavra "Paz" - 224 páginas

 Desafio 19 - Ler um livro de um autor espanhol ou cuja ação se desenrole em Espanha - 40 páginas (abandonado - só li até à página 40)


 E estas foram as minhas leituras para a #MLPalavrasdeVerão.
 Espero que tenham gostado......
 E até à próxima maratona!!!!!

A Vossa Gothic Clare

sábado, 22 de setembro de 2018

Revelação da Capa de "Fénix" de Tânia Dias

 Olá Pessoal!!!!!
 E hoje é o dia por que todos estavamos há espera.....
 Há algum tempo a autora Tânia Dias, anunciou nas suas redes sociais que no dia 22/09/2018, ou seja hoje, seria apresentada a capa do segundo volume da trilogia BROKEN, Fénix, que será publicado em Novembro de 2018 pela Chiado Editora.
 A autora, disponibilizou um formulário para aqueles que quisessem participar da apresentação enviassem os seus dados e depois seria feita a seleção de um grupo de influênciadores de media, que receberiam todas as informações necessárias para poderem fazer a divulgação.

 Pois o momento chegou..... Apresento-vos a capa de Fénix que foi realizada pela jovem autora e designer, Gabriela Simões:


Sinopse:

 Alexia White pagou pelas escolhas que fez.
 E agora, não tendo outra hipótese se não confiar em Aaron, o noivo que possui a  confiança do seu povo, e na melhor amiga, a Sophie, que aparenta ter mais do que um segredo, prepara-se para lutar fogo com fogo.
 O povo de Starnyz já sofreu o suficiente, mas para reaver aquilo que é seu por direito a jovem terá de arriscar perder tudo o que lhe resta.
 Um povo traído surge a pedir auxílio. Um rei tirano brinca com as vidas de um povo assustado. E no horizonte ergue-se uma força que ameaça destruir tudo aquilo que a Alexia tanto trabalhou para alcançar.
 Quão depressa consegue a princesa agir? E será que pode confiar naqueles que a rodeiam para lutarem tão ferozmente como ela?

Informações sobre a autora:

 Tânia Dias,
 Começou a escrever jovem, escrava da mente criativa, com 16 anos pôs a pasta às costas e lançou-se na aventura de mais uma vida ao lado das personagens que lhe faziam companhia há mais de cinco anos.
 Agora com 20 e a estudar Biologia na Faculdade de Ciências do Porto, muito dificilmente é encontrada na rua. Ou está de bata, a fitar confusamente um gel de agarose enquanto se pergunta repetidamente porque é que tinha de se apaixonar por algo tão díficil, ou está a viajar, às vezes com dragões, outras com super-heróis, a viver uma aventura enquanto procura fugir das pressões da sua outra paixão.
 Dividida entre o laboratório e as páginas dos livros, ainda não decidiu se quer salvar (com a ciência) ou destruir (com a literatura) o mundo.
 Estreou-se no mundo da escrita com Despedaçada, o primeiro livro da trilogia Broken.


E se quiserem mais informações podem seguir a autora nas suas redes sociais:
 » Instagram: @tniasvcd

Para mais informações sobre a editora:

Para mais informações sobre a designer:
 » Instagram: @writer_gabby


E aqui ficou a divulgação desta fantástica capa. Espero que tenham gostado e fiquem atentos à página de facebook da autora para ficarem a saber mais informações sobre o lançamento deste segundo volume.

A Vossa Gothic Clare

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

O Ressurgir dos Eternos Titãs - OPINIÃO


Título: O Ressurgir dos Eternos Titãs
Autor: R.C. Vicente
Nº de Páginas:606
Editora: Chiado Editora
Data de Publicação: Julho/2017
ISBN: 978-989-51-5105-9
P.V.P: 15,00€


Sinopse:
Nas terras dos Gémeos Indomáveis,
os descendentes dos filhos dos Deuses vivem sob a forma humana
após o enclausuramento dos seus verdadeiros seres...
os Titãs...

Durante séculos não se vira um Titã na sua forma original, até que, na Batalha do Vale dos Ursos, Wilmarione Von Rimer de Rokkya libertara a sua verdadeira forma e sobrevoara os céus como um enorme dragão branco. Porém, há muito que a grande rainha partira para os Jardins dos Deuses e já se contavam três gerações de Von Rimer depois da sua morte. Três gerações sem nenhum eterno que tivesse sido capaz de libertar a sua forma original.
Mas, agora, os ventos começavam a trazer consigo cânticos de guerra e na família da grande rokka começava a formar-se uma tempestade que poucos seriam capazes de controlar.
No fim, iria ser cada um por si só contra o poderoso Império de Karkalis.
E entre guerras, alianças, traições, amores, injustiças e novas amizades, os Titãs iriam... Ressurgir.

Até na mais negra e sinistra das criaturas,
na mais cruel e maldosa, se pode encontrar uma
centelha de luz. Mas nunca o contrário.


Opinião:
Estou sem palavras para descrever este livro.
 Foi dos livros que mais tempo demorei a ler, não por ser cansativo ou até mesmo mau, mas o motivo principal são as 606 páginas e a falta de vontade que tive durante as últimas semanas para ler.
 Antes de passar à minha opinião, quero deixar bem claro que detesto fazer comparações entre autores contemporâneos e autores clássicos, pois para mim, algum dos dois acaba sempre por sair desvalorizado. Mas, neste caso, sinto-me quase que obrigada a recorrer à comparação e fazer jus à grandiosidade desta obra.
 A escrita da autora é complexa, contudo esta preocupa-se em explicar muitas das palavras presentes na obra (já que utiliza muitos estrangeirismos e palavras criadas pela própria), explica o seu significado e a forma de pronunciar estas mesmas palavras, para tornar a leitura mais fácil e mais fluida. Na minha opinião este é sem sombra de dúvidas um ponto a favor em qualquer obra.
 Acho que este livro se encontra muito bem estruturado, apesar de alguns capítulos serem excessivamente mais longos que outros, o que para muitos poderá tornar a leitura mais cansativa.
 As personagens estão muito bem "desenhadas", ou seja cada personagem foi muito bem planeada pela autora e a descrição presente durante a apresentação de cada uma delas, leva-nos a que nas páginas futuras nos seja muito mais fácil destinguir as personagens umas das outras.
 Algo que para mim é extremamente importante num livro é que não hajam erros ortográficos e muito menos gramaticais,(apesar de eu às vezes dar alguns erros deste tipo), e esta obra é um exemplo de perfeição de escrita.
 Passando agora para termos mais específicos:
 A genealogia dos TITÃS criada por R.C. Vicente não tem precedentes na literatura contemporânea, na minha opinião não existe obra que descreva tão bem, na literatura contemporânea, uma Genealogia como "O Ressurgir dos Eternos Titãs". A originalidade detalhista com que a autora descreve o passo a passo da criação do mundo, a queda dos TITÃS e a lenda dos Gémeos é indescritível.
 Na minha opinião a autora fundou o que para mim será um novo marco na mitologia, e acredito plenamente que num futuro esta obra se possa tornar um clássico da mitologia contemporânea. O facto de ter uma lenda dentro da história - a lenda dos gémeos indomáveis - e ao longo do enredo ser-nos possível compreender que aquele que seria o "Demónio" na verdade acaba por não ser um demónio como aqueles que nos são descritos noutras obras, traz ao leitor a maior exemplificação do que é a subjetividade de uma lenda, pois um demónio não pode amar e essa teoria quebra-se na totalidade com esta história.
 Para mim R.C. Vicente é uma escritora extraordinária, a riqueza dos detalhes, a ação, o acabamento, a capa, as imagens, os mapas, as árvores genealógicas, são elementos que demonstram a dedicação e o amor que a autora emprega no seu trabalho.
 Depois de terminar a leitura desta obra fiquei cheia de vontade de ler o próximo volume e ficar a saber mais sobre o que acontece às minhas personagens favoritas depois da história acabar.
 Fico sem sombra de dúvidas à espera do próximo livro.
 A minha classificação é de 5 estrelas, que são mais do que merecidas.

A Vossa Gothic Clare

sábado, 15 de setembro de 2018

A Garagem do Gus, de Leo Timmers já disponível nas livrarias



Título: A Garagem do Gus
Autor: Leo Timmers
Nº Páginas: 40
Editora: HarperCollins
Data de Publicação: Setembro/2018
ISBN: 978-841-722-250-5
P.V.P: 13,90€


No mês de Setembro a HarperCollins Ibérica publica em Portugal o primeiro título da HarperKids, a chancela infantil da marca, lançada com o objetivo de "editar livros que gostávamos que os nossos filhos lessem".
Especialmente a pensar nos mais pequenos lá de casa, no dia 7 lançamos A GARAGEM DO GUS, uma novidade super divertida para ler e reler com os seus mini-mecânicos, que vão certamente delirar com as pinturas alucinantemente detalhadas de LEO TIMMERS!

A HISTÓRIA:
Bem-vindos à garagem do gus!
Aqui nada é deitado fora e tudo tem uso. Sobretudo quando é para ajudar os amigos!
Gus é um faz-tudo. Todas as manhãs abre a sua garagem e um a um vão chegando os seus amigos. Com um pouco de imaginação e com as coisas que tem guardado, desde um frigorífico a uma trompa, resolve os problemas. À noite a garagem está vazia, mas sobram umas coisas para mais um arranjo!


Opiniões:
«Um livro inteligente e muito divertido, para reler vezes sem conta.» - The New York Times

«Este álbum lê-se com muito gosto aos mais pequenos. Fui e continuo fã de LEO TIMMERS.» - ABC

«A prenda ideal para pequenos fanáticos de automóveis e também para os adultos que vão ler o conto aos filhos ou netos.» - Mappalibri.be

«O ilustrador e autor LEO TIMMERS tem, além de um estilo de pintar alucinantemente detalhado, também histórias muito divertidos. Todos os seus livros são uma festa para ver e ler juntos.» - Kirkus

«Os livros de TIMMERS são sempre bons, e agora ainda melhores.» - Horn


O Autor:

LEO TIMMERS, autor e ilustrador de A GARAGEM DE GUS, começou a desenhar histórias em quadrinhos quando tinha apenas doze anos, e nunca mais parou!
Depois de estudar publicidade e desenho gráfico, fazia ilustrações para várias revistas, desenhava capas para romances juvenis e ilustrava álbuns de contos.
"Blij met mij" ("Contente comigo") foi o primeiro álbum que também escreveu. Pelo álbum sem texto "Boem" recebeu tanto o Boekenpauw como o Prémio do Júri de Crianças e Jovens da Flandres.
Este último prémio já lhe foi atribuído sete vezes, a última em 2017 com A GARAGEM DE GUS.
O autor viu vários dos seus livros transformados em filmes de animação e publicou vários livros infantis em Portugal, tendo já uma grande legião de mini-fãs espalhada pelo país!

A Vossa Gothic Clare



sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Medo, Trump na Casa Branca de Bob Woodward nas livrarias em Novembro pela Dom Quixote


Título: Medo, Trump na Casa Branca
Título Original: Fear, Trump in the White House
Autor: Bob Woodward
Data de Publicação: 1ª Quinzena Novembro


A Dom Quixote edita, na primeira quinzena de Novembro, o livro Medo - Trump na Casa Branca, do prestigiado jornalista norte-americano Bob Woodward - um dos responsáveis pela investigação ao Caso Watergate que provocou a demissão do Presidente Nixon -, que hoje chega às livrarias nos EUA.

Tendo acompanhado e investigado a fundo oito presidências, de Nixon a Barack Obama, Bob Woodward revela em primeira mão, num relato sem precedentes e com detalhes nunca antes contados, a vida brutal dentro da Casa Branca de Donald Trump, e como ele decide sobre as grandes questões da actualidade política nacional e internacional.
Woodward baseia-se em centenas de horas de entrevistas com fontes de informação em primeira-mão, e também em notas de reuniões, diários pessoais, ficheiros e documentos oficiais. Medo conta ainda os debates explosivos e as tomadas de decisão na Sala Oval, na Situation Room, no Air Force One e na residência oficial da Casa Branca e é o retrato mais íntimo de um presidente norte-americano em funções alguma vez publicado durante os seus primeiros anos no cargo.

«Um retrato devastador da presidência Trump... Diversas vezes Woodward conta ao pormenor como a equipa de Segurança Nacional foi posta em causa pela falta de curiosidade e impreparação do presidente sobre os assuntos internacionais, e pelo seu preconceito em relação à opinião dominante das chefias militares e da inteligência.» - Phillip Rucker e Robert Costa, The Washington Post

«Um retrato negativo da atual presidência.» - David Martin, CBS News

«Um olhar sem precedentes sobre os bastidores, contado pelos colaboradores próximos do presidente... Impressionante.» - CNN

«O devastador e bem documentado relato da presidência de Trump, que será consultado enquanto primeiro rascunho da sinistra história que narra. O que Woodward escreveu não é apenas a narrativa de um presidente profundamente incapaz, é também, por fim, a história de como os seus colaboradores mais próximos estão a lidar com isso.» - Susan B. Glasser, The New Yorker

«Numa época de "factos alternativos" e de tweets corrosivos sobre "fake news", Woodward é genuinamente o padrão de excelência... Explosivo... Devastador... Deixou-me estarrecido.» - Jill Abramson, The Washington Post

A Vossa Gothic Clare