quarta-feira, 15 de agosto de 2018

O Rapaz no Cimo da Montanha - OPINIÃO


Título: O Rapaz no Cimo da Montanha
Título Original: The Boy at the Top of the Mountain
Autor: John Boyne
Nº de Páginas: 224
Editora: Asa
Data de Publicação: Setembro de 2016
ISBN: 978-989-23-3659-6
P.V.P: 13,30€


Sinopse: 
Pierrot é filho de mãe francesa e pai alemão. Quando fica órfão, com apenas sete anos de idade, tem de abandonar Paris para ir viver com uma tia, a única familiar que lhe resta, numa casa nos Alpes Bávaros.
Mas não estamos numa época qualquer: decorre o ano de 1936 e a Segunda Guerra Mundial está na eminência de eclodir; nem tão-pouco estamos numa casa qualquer: a casa no cimo da montanha, onde a tia trabalha e para onde Pierrot se muda, é nada mais nada menos que a Berghof, a casa-refúgio de Adolf Hitler.
Facilmente Pierrot se torna menos francês e mais alemão, deixando-se seduzir pelo poder da farda e pela força da mensagem nazi.
Mas... a que custo? E se aconteceu a Pierrot, não poderia também acontecer a cada um de nós?
Surpreendente pela subtileza e inteligência dos pormenores que inevitavelmente o ligam a O RAPAZ DO PIJAMA ÀS RISCAS, magnifico pelo fulgor narrativo e pela crueza descritiva, este livro obriga o leitor a tomar partidos. E não será uma decisão pacífica ou consensual.

Opinião:
 "O Rapaz no Cimo da Montanha" conta a história de Pierrot, um rapazinho filho de mãe francesa e pai alemão. Quando aos 7 anos fica órfão, tem de abandonar Paris para ir viver com uma tia, Beatrix,  a sua única família e a qual ela não conhece. Depois de várias horas de viagem finalmente chega a Salzburgo e dirige-se àquela que será a sua casa durante os próximos 9 anos, nos Alpes Bávaros.
 Estamos em 1936 e a Segunda Guerra Mundial está na eminência de eclodir e a casa em que Pierrot está a viver não é qualquer uma.... é a casa no cimo da montanha.... Berghof, a casa-refúgio de Adolf Hitler.
 Com o passar dos meses e com a convivência com o chefe de estado Alemão, este rapaz inocente deixa de se chamar Pierrot e passa a chamar-se Pieter. Em consequência começa a perder a sua faceta francesa e começa a tornar-se cada vez mais alemão, começando a formar parte da HitlerJugend.
 Com esta história começamos a perceber o poder persuasivo de Hitler, a forma como este conseguir converter crianças inocentes em seus aliados e soldados, ao ponto de terem coragem de denunciar os seus próprios familiares e causarem a sua morte. 
 Começamos por ver um Pierrot, que nasceu em França, que viveu lá durante 7 anos e que tinha como melhor amigo um menino Judeu surdo, mas ao fim de algum tempo começamos a conhecer Pieter, um rapaz sem escrúpulos, capaz de tudo pela pátria alemã e por Hitler, capaz de cometer o pior dos crimes, causar a morte de duas pessoas que o protegiam de tudo.
 Perceber que tantos jovens foram iludidos com a promessa de uma Alemanha melhor, com a promessa de que só eles eram bons e correctos e que os outros (Judeus, deficientes) não eram nada, que eram pessoas cheias de doenças contagiosas e cheios de piolhos e que tinham de ser exterminados da sociedade.

 Este livro é daqueles que nos faz pensar em tantas coisas! 
 A importância da família, dos amigos, da lealdade para com aqueles que nos querem bem. 
 A esperança de um mundo melhor, sem guerra, sem medos, sem destruição.
 A sorte que temos de vivermos num tempo em que a discriminação está a diminuir (apesar de ainda haver muita), num tempo em que podemos andar na rua sozinhos sem corrermos o risco de sermos levamos por elementos do exército só porque não somos iguais a eles, ou porque pensamos de uma maneira diferente do chefe de estado.
 A capacidade de ver o mal e destingir se nos estão a manipular ou não. Podermos pensar por nós próprios, podemos ler o que quisermos, podermos dizer o que queremos e o que pensamos....
 Coisas tão básicas, mas tão importantes.

 Por isto é que decidi classificar esta leitura com 5 estrelas.
 Mais um extraordinário livro deste incrível autor, John Boyne.

A Vossa Gothic Clare



quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Monstros Fantásticos E Onde Encontrá-los - OPINIÃO


Título: Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los
Título Original: Fantastic Beasts and Where To Find Them
Autor: J.K.Rowling
Nº de Páginas: 304
Editora: Editorial Presença
Ilustrações: Minalima
ISBN: 978-972-23-5953-5
P.V.P: 18,90€


Sinopse:
Estamos em 1926, na cidade de Nova Iorque...
Um tempo e um lugar onde os atos de umas quantas pessoas... e criaturas... irão determinar o destino da maioria. O magizoólogo Newt Scamander acaba de chegar a Nova Iorque, onde pretende apenas fazer uma breve paragem.
Contudo, quando a sua mala mágica desaparece e alguns dos seus monstros fogem, surgem problemas para todos...
Inspirado no compêndio original da escola de feitiçaria de Hogwarts, da autoria de Newt Scamander, Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los assinala a estreia de J.K.Rowling como argumentista para cinema. Os fãs da autora reconhecerão o seu estilo e humor singular em cada página, a sua visão extraordinária de um universo mágico e a sua profunda simpatia e compreensão por pessoas de todos os tipos (quer usem varinha mágica, quer não).
Uma história épica e repleta de aventuras, narrada de uma forma excepcional, que deixará os leitores sem fôlego.

Opinião:
 E mais um livro terminado do incrível mundo mágico da J.K.Rowling.
 "Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los" é o guião oficial do filme com o mesmo nome. Conta a história da viagem do magizoólogo Newt Scamander a Nova Iorque onde pretende fazer uma breve paragem para libertar uma das suas criaturas no seu habitat natural.
 Newt é inglês e estudou magia na escola de Hogwarts, por este motivo não conhece muito bem as leis mágicas nos Estados Unidos o que lhe causa algumas complicações, já que criaturas mágicas estão a aterrorizar a cidade de Nove Iorque.
 Quando algumas das suas criaturas fogem acidentalmente da sua mala, Newt vai viver uma aventura que não esperava para as encontrar e ao mesmo tempo tem a missão de tentar parar a CRIATURA mais negra e poderosa que já viu.
 Com este enredo quem não fica fascinado e cheio de vontade de ler esta história incrível!?
 Pois eu fiquei muito curiosa quando ouvi falar, em primeiro lugar do filme e logo de seguida do guião. Assim a primeira coisa que fiz foi visualizar o filme. Não é que adorei!!!!!!
 Após ter visto o filme fiquei com muita vontade de rever e decidi tentar arranjar o livro. Ainda me demorou um pouco de tempo até ter a possibilidade de o comprar, já que os preços dos livros em portugal são altíssimos.
 No primeiro trimestre deste ano finalmente adquiri a minha cópia do livro e agora decidi finalmente ler.
 A verdade é que fiquei encantada com esta história repleta de magia, cumplicidade entre quatro estranhos, demonstrações de afeto entre humanos e criaturas mágicas e o mais importante a ideia que não podemos julgar alguém ou alguma coisa só pelo seu aspecto.
 Uma das caracteristicas que mais gostei neste livro é este ser extremamente gráfico, ou seja conseguimos visualizar na nossa mente cada personagem, cada cenário, cada momento. Isto para mim é muito importante pois se estando a ler um guião de um filme ou de uma peça de teatro, não conseguir visualizar todos os momentos então o guião ou a forma como está construído não é assim tão bom quanto isso.
 Este é daqueles livros que se lê super rápido, talvez um par de horas e quando acabamos temos vontade de ler mais e mais sobre estas criaturas.
 As 5 estelas descrevem sem sombra de dúvidas os meus sentimentos para com o livro. 
 Estou ansiosa para que seja lançado o próximo tanto o livro como o filme, e desta vez podem ter a certeza que não vou demorar tanto tempo a comprar a minha cópia.
 Agora é altura de rever o filme e apaixonar-me uma vez mais por esta história.

 E vocês já leram o livro? Já viram o filme?
 Então digam o que acharam  os comentários desta opinião....

A Vossa Gothic Clare

terça-feira, 31 de julho de 2018

Cenas de Crime - OPINIÃO


Título: Cenas de Crime
Título Original: Crime Scenes
Autor: Paul Roland
Nº de Páginas: 215
Editora: Livros D'Hoje
ISBN: 978-972-20-3598-9
P.V.P: 3,92€


Sinopse:
Na luta contra o crime, a ciência e a tecnologia desempenham hoje um papel fundamental em muitas das grandes investigações policiais que são destaque nas notícias. Todos os criminosos deixam vestígios nos locais de crime e isso acaba por ser o que os condena quando os investigadores começam a descobrir pistas escondidas nos restos de sangue e vestígios de ADN, entre outros.
No interior deste livro irá descobrir:
- Como as provas são recolhidas e analisadas;
- Que pistas podem ser encontradas num local do crime e num cadáver;
- O que acontece numa autópsia;
- Como é que um patologista determina a hora e causa da morte;
- Como é que o ADN, a Toxicologia, a análise dos vestígios e a Entomologia forense podem deitar por terra um sólido álibi;
- Como a Ciência Forense tem sido usada para acabar com as condenações sem justa causa e expor os erras da justiça.
- Casos reais retirados directamente dos ficheiros de agências da polícia federal de todo o mundo, sendo esta a primeira vez que muitos deles são divulgados.

O Jornalista de investigação Paul Roland analisou todo o tipo de crimes e examinou minuciosamente todas as provas de forma a apresentar esta envolvente história de cenas de crime do passado e do presente.

Opinião:
"Cenas de Crime" é um livro técnico sobre ciências forenses.
 Neste livro podemos encontrar uma descrição pormenorizada de como é realizada uma investigação de um crime, as técnicas utilizadas, as ferramentas que os cientistas forenses têm para diferenciarem um criminoso de um inocente, a importância da evolução da ciência forense para todos os agentes deste ramo, incluindo tribunais, policia, investigadores privados, agências de seguros, etc...
 Nas 215 páginas que contem este livro verificamos uma extraordinária investigação por parte do jornalista Paul Roland. Este apresenta com simplicidade a vida de um cientista forense e as dificuldades do seu trabalho.
 Uma das características que mais gostei neste livro, foi o facto de que apesar de encontrar-mos palavras muito técnicas e complexas, facilmente podemos descobrir o seu significado. Basta abrir-mos a última página do livro e temos um glossário que nos ajuda a compreender termos muito específicos desta profissão.
 Todo o que está relacionado com investigação criminal, ciências forenses, criminologia, desperta um interesse incrível em mim. Apesar de ser a profissão em que ambiciono licenciar-me, é um dos temas mais fascinantes dentro da área de investigação e da área policial.
 Mal encontrei este livro, achei de imediato que iria adorar e que provavelmente seria um livro para dar 5 estrelas, mas a realidade é que não consegui atribuir 5  estrelas a este livro. 
 Um dos motivos que me levou a diminuir a avaliação do livro, foi o facto de a letra ser extremamente pequena e a dificuldade em concentrar-me se ter tornado maior. Para mim que tenho dificuldades em ver, é muito complicado conseguir manter a concentração a ler um livro com um tamanho de letra tão pequeno.
 Outro dos aspectos que não gostei tanto no livro foram os capítulos serem extremamente compridos e haverem demasiados momentos em que o autor repete praticamente a mesmo coisa. Dentro do mesmo capítulo chegou a haverem duas frases exactamente iguais apesar de estarem integradas em subtítulos diferentes.
 E por fim outro aspecto que me deixou um pouco triste foram os erros de escrita, acredito que possam ter sido erros de escrita a computador que mesmo verificando são tão insignificantes que passam despercebidos, mas para um leitor, estar-mos a ler e encontrar-mos erros é complicado.
 Apesar de tudo isto é um livro que aconselho vivamente e que tiro o chapéu ao autor, pois a investigação do temos foi muito bem feita. Tudo o que se precisa de saber sobre ciências forenses está no livro.

 Este é daqueles 4 estrelas a tombarem muito para as 5.

A Vossa Gothic Clare

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Maratona de Verão 2018 - Apresentação e TBR


O que é?
- Visando ler os livros que muitas vezes se vão acumulando, esta maratona é um incentivo para todos nós! O previsto é formarem-se duas equipas, somando-se no final o número de páginas lidas de modo a ser possível estabelecer uma equipe vencedora e um ranking dos participantes.

Quem pode participar?
- Todos.

Quando e Como vai decorrer?
- A maratona irá durar 2 semanas. Tem inicio a 4 de Agosto (0h00) e termina no dia 17 de Agosto (23:59). Após o final da maratona está previsto os resultados serem anunciados no dia 20 de Agosto.

Como vai funcionar?
- Existem 3 categorias:
 1 - Preparar a mala: um livro que comece uma série/saga de livros
      Os Jogos de Fome
 2 - Calor: um livro cuja capa tenha uma ou mais cores quentes
      Uma Viagem Espiritual
 3 - Água: um livro com água na capa
      A Viagem do Caminheiro da Alvorada


Podem ficar a saber mais informações em:


A Vossa Gothic Clare


sábado, 28 de julho de 2018

O Gang dos Tubarões - A História do Filme || OPINIÃO


Título: O Gang dos Tubarões - A História do Filme
Título Original: Shark Tale: The Movie Novel
Autor: Louise Gikow
Editora: Everest Editora
Nº de Páginas: 152
ISBN: 989-50-0080-4

Sinopse:
APRESENTAMOS-TE O ÓSCAR.
Um pequeno peixe com uma boca muito grande que se vê metido numa embrulhada quando todo o mundo pensa que ele é um herói. Inicialmente, os seus amigos acreditam na sua história e cobrem-no de fama e de glória. Mas depois começam a desconfiar que ali há mais ficção que realidade. E ele terá de usar todo o seu engenho para reconquistar os amigos.

Opinião:
"O Gang dos Tubarões - A História do Filme" conta-nos a história de Óscar, um peixinho que trabalha como esfrega línguas na Lavagem de Baleias,  e de Lenny, um tubarão muito diferente de todos os outros (é vegetariano).
 A história desenrola-se no recife, a localidade onde Óscar vive desde sempre e onde sente que é um zé-ninguém. Quando Óscar de vê metido em sarilhos por causa das suas mentiras e apostas, decide inventar que é um exterminador de tubarões, é verdade e todos acreditam mesmo este sendo um peixinho muito pequenino para um tubarão.
 As aventuras de Óscar e Lenny vão ter mudanças e obstáculos que ambos terão de enfrentar até toda a verdade ser descoberta. Será que Óscar vai conseguir sobreviver depois de tantas mentiras? Será que Lenny alguma vez vai ser aceito pelo seu pai?

 Esta é daquelas histórias da DreamWorks que todos gostamos em filme mas que em livro fica sempre a desejar. Apesar de ser um livro divertido e a história ser muito engraçada, acabamos por cansar-nos um pouco, pois durante a leitura encontra-mos muitos erros (pelo menos na minha edição), muitas incoerências.
 Gostei mas não deu para pontuar com mais de duas estrelas. É um livro cansativo, independentemente de se ler rápido. Por várias vezes que quis parar a leitura mas obriguei-me a continuar e acabar, já que eram apenas 152 páginas, até parecia vergonhoso não ler o livro até ao fim. 
 Sinto que nesta adaptação à literatura poderiam ter dado mais ênfase às falas, à descrição dos personagens e das paisagens. Poderiam ter optado por acrescentar mais algumas coisas que diferenciassem um pouco mais o filme do livro e gostaria que não se tivessem focado exclusivamente na tentativa de recriar o filme por escrito, ou então que decidissem escrever o livro como guião, tal e qual muitos que após este já foram escritos.
 Por todos estes motivos pontuei o livro com 2 estrelas.

 A Vossa Gothic Clare 


sábado, 21 de julho de 2018

Novidades Editoriais Julho (2) - CAMINHO INFANTIL


 LIVROS INFANTIS DA CAMINHO LANÇADOS EM JULHO

  "A Sopa da Pedra e Um Ladrão Debaixo da Cama", de Alice Vieira e ilustrações de Vanda Romão e "Os Dragões Adoram Tacos", de Adam Rubin (texto) e Daniel Salmieri (ilustrações) acabam de chegar às livrarias.
  No dia 24 de Julho serão lançados "Adivinha Quanto Gosto de Ti - Todo o Ano", de Sam McBartney e ilustrações de Anita Jeram e "Escondidas", de Anthony Browne.




Título: A Sopa da Pedra e Um Ladrão Debaixo da Cama
Autor: Alice Vieira
Ilustrações: Vanda Romão
Editora: Caminho
Nº de Páginas: 36
Género: Contos, Fábulas e Narrativas infantis
Coleção: Histórias Tradicionais Portuguesas
ISBN: 978-972-212-934-3
PVP : 9,90€

Sinopse:
A primeira história conta como o Frei Gil, longe do seu convento, e com muita fome conseguiu, de forma ardilosa, uma bela sopa. E para isso só precisou de uma pedra.
Na segunda história há uma velha muito velha, há um neto, há um ladrão, há vizinhos e muita confusão. O ladrão quis enganar a velha muito velha, mas quem foi enganado foi ele.

Autora:
Alice Vieira nasceu em 1943, em Lisboa. É licenciada em Filologia Germânica pela faculdade de letras de lisboa. Iniciou a sua carreira de jornalista aos 18 anos, no Diário de Lisboa. Em 1979 publicou o seu primeiro romance juvenil - Rosa, Minha Irmã Rosa - que nesse ano ganhou o Prémio de Literatura do Ano Internacional da Criança. Desde então tem publicado regularmente romances juvenis, poesia, teatro, recolhas de histórias tradicionais, livros infantis, que lhe têm valido inúmeros prémios nacionais e internacionais.

Ilustradora:
Vanda Romão nasceu em Lisboa em 1979 mas vive em Freixo de Espada à Cinta. Licenciada em Design de Comunicação pela Escola Superior de Tecnologias e Artes de Lisboa, tirou mais tarde um curso de ilustração na SNBA. Ganhou, em 2017, o prémio de ilustração do Concurso Lusófono da Trofa, Prémio Matilde Rosa Araújo, com o livro "A Maratona dos Bichos", publicado pela Caminho.




Título: Os Dragões Adoram Tacos
Autor: Adam Rubin
Ilustrador: Daniel Salmieri
Editora: Caminho
Nº de Páginas: 40
Género: Livros de Aventuras Infantil
ISBN: 978-972-212-929-9
PVP: 12,90€

Sinopse: 
O Caminho para chegar ao coração de um dragão é sempre através do seu estômago.

Autor:
Adam Rubin passou 10 anos a trabalhar como diretor criativo na indústria publicitária antes de se dedicar, a tempo inteiro, à escrita. Vive actualmente em Barcelona.

Ilustrador:
Daniel Salmieri é natural de Brooklyn, e desde muito cedo mostrou interesse pela ilustração. Já publicou 11 títulos, alguns dos quais best sellers, segundo o New York Times. Para além de ilustrar livros, dedica-se também à ilustração em jornais e revistas.




Título: Adivinha Quanto eu Gosto de Ti - Todo o Ano
Autor: Sam McBartney
Ilustrador: Anita Jeram
Editora: Caminho
Nº de Páginas: 32
Género: Contos, Fábulas e Narrativas
(Quatro livros num só)
ISBN: 978-972-211-624-4
PVP: 16,90€
Data de Publicação: 24/Julho

Sinopse:
«Às vezes, quando gostamos muito, muito de alguém, queremos encontrar uma maneira de descrever como os nossos sentimentos são grandes. Mas como descobrem a Pequena Lebre Castanha e Grande Lebre Castanha, o amor não é coisa fácil de medir!»

Autor:
Sam McBratney nasceu em 1943, em Belfast, Irlanda do Norte. Foi estudante de História e Ciência Política no Trinity College, em Dublin, e tornou-se depois professor. Cedo, no entanto, desistiu do ensino em prol de uma carreira como escritor. O seu livro "Adivinha Quando Gosto de Ti" tornou-se rapidamente um clássico da literatura infantil a nível mundial.

Ilustrador:
Anita Jeram nasceu em 1965, em Portsmouth, Inglaterra. O seu trabalho mais conhecido foi em "Adivinha Quanto Eu Gosto de Ti", nomeado para o Kurt MAscler Award em 1994.




Título: Escondidas
Autor: Anthony Browne
Editora: Caminho
Nº de Páginas: 32
Género: Contos, Fábulas e Narrativas
ISBN: 978-972-212-907-7
PVP: 16,90€
Data de Publicação: 24/Julho

Sinopse:
«Já te escondeste? Aí vou eu!» 
Brincar às escondidas na floresta pode conduzir a descobertas inesperadas...
Vê com mais atenção...
Que coisas consegues encontrar no meio das árvores?

Autor:
Anthony Browne é um grande autor e ilustrador inglês de livros infantis, somando cerca de 40 títulos editados. Foi aluno do Leeds Art College, tendo-se licenciado em artes gráficas no ano de 1967. Recebeu vários prémios, dos quais se destacam o Kate Greenaway Medal em 1983 (Gorilla) e 1992 (Zoo); o Prémio Kurt Maschler, por Gorilla (1983), Alice's Adventure in Wonderland (1988) e Voices in the Park (1998). É detentor do muito prestigiado prémio Hans Christian Andersen (o «Nobel» da literatura infantil) de ilustração, no ano 2000. Mais recentemente foi ilustrador residente das célebres galerias Tate.


A Vossa Gothic Clare



segunda-feira, 9 de julho de 2018

Li até à Página 100... #16 - O Ressurgir dos Eternos Titãs



1 - Primeira Frase da Página 100
   «... descendiam do Primeiro Frio, um titã que não passara de uma mórbida massa de rajadas de vento e nevoeiro gelados capazes de adormecer o mundo e cristalizar os corações de todas as criaturas com o mais ténue roce.»

2 - De que se trata o livro?
   Nesta primeira fase de "O Ressurgir dos Eternos Titãs" (Introdução e Prólogo), a autora apresenta-nos este novo mundo que está a criar. Na introdução dá-nos a conhecer os titãs e a sua história, a criação do mundo, as sociedades em que está dividido, a religião, entre outros aspectos que são muito importantes para ficarmos a entender os antecedentes daqueles que serão os protagonistas da história. No prólogo a autora dá-nos a conhecer a organização dos Cinco Impérios, como estes se formaram, quem eram os imperadores, as famílias mais importantes e os titãs de que eram descendentes.

3 - O que estás a achar até agora?
   A introdução e o prólogo, por conterem muita informação e descrição, são um pouco cansativos e torna-se um pouco difícil reter toda a informação necessária.
   Quando começamos o primeiro capítulo, a história vai se tornando muito interessante e a verdade é que não queremos parar de ler.

4 - O que estás a achar do/a protagonista?
   Até agora não temos protagonistas definidos.

5 - Melhor quote até agora.
   «Será que tudo aquilo não era mais do que uma lenda? Se não o fosse, será que depois de tantos anos os feitiços outrora lançados continuariam a surtir efeito? Será que o poder destes não se teria desvanecido?»

6 - Vais continuar a ler?
   Sim.

7 - Última frase da página 100.
   «Mas muitos séculos depois, nos finais do Século do Ódio, tudo viria a mudar graças a Claryzade Aidehaighkhar que aproveitara a presença do herdeiro dos Mönttbrácc nas côrtes dos outros impérios, virara as costas aos Stelisbuz e fingira-se indignada com os massacres nas ilhas Sálvicias, conquistando assim a simpatia dos outros líderes, o que, no final, lhe viria a dar não só Anzuras como, também, todo o império de Anzúrme.»


A Vossa Gothic Clare


sexta-feira, 6 de julho de 2018

Novidades Editoriais Julho - DOM QUIXOTE/ CASA DAS LETRAS/ ASA


Título: Calvin Esparguete
Subtítulo: Diário de um Gato Citadino
Autor: Filomena Lança
Nº de Páginas: 248
Editora: Dom Quixote
Género: Literatura Juvenil
Data de Publicação: 10 de Julho

Sinopse:
Ainda não conhece a história de Calvin Esparguete, o gato que passeia de autocarro, descansa nas luxuosas lojas de marca da Avenida da Liberdade e adora fiambre, os bifes do vizinho do primeiro andar ou a comidinha da peixaria. É um gato cinzento, gordo, de olhos esverdeados e ar sério e maldisposto ou ternurento e simpático, consoante esteja ou não com fome e queira ou não que lhe abram a porta para ir à rua. Mora numa colina de Santana que fica do lado esquerdo da Avenida da Liberdade, perto da Baixa. Tem na coleira o número de telefone dos donos que, graças aos telefonemas dos novos amigos que vai fazendo, sabem sempre onde é que ele anda. Ou quase sempre. Já ficou meses fora de casa, perdeu-se nos subúrbios, passeou-se pelo Metro, foi estrela na Net e fez amigos entre os turistas. Esta é a história das suas aventuras pela cidade, contada como só ele o poderia fazer. Não pense que tudo isto é produto da imaginação delirante da dona, a jornalista Filomena Lança, porque se trata de uma história real, com fotos e vídeos para provar.




Título: A Filha de Cayetana
Autor: Carmen Posadas
Nº de Páginas: 584
Editora: Casa das Letras
Género: Romance
Data de publicação: 10 de Julho

Sinopse:
A história desconhecida e verdadeira da filha negra da duquesa de Alba, a inesquecível musa de Goya. Excêntrica, caprichosa e livro, durante mais de duzentos anos o seu poder de sedução permaneceu inalterado. No entanto, poucos sabem que a duquesa adoptou uma menina negra, María de la Luz Álvarez de Toledo, de olhos cor de esmeralda, a quem amou e educou como uma filha, e a quem deixou parte da sua fortuna. Com mestria, Carmen Posadas relata as peripécias das duas mães: a adoptiva com os seus amores e dramas na corte de Carlos IV, e a biológica, Trinidad, que, sendo escrava em Espanha, luta por encontrar a bebé que lhe foi retirada após o nascimento. Um extraordinário romance histórico da escritora de Pequenas Infâmias, vencedor do Prémio Planeta e sobre quem a Newsweek escreveu: "Uma das autoras latino-americanas mais relevantes da sua geração."




Título: O Amor da Minha Vida
Autor: Clare Empson
Nº de Páginas: 368
Editora: ASA
Género: Thriller
Data de Publicação: 10 de Julho

Sinopse:
Catherine deixou de falar. Algo a perturbou de tal forma que não consegue comunicar. Ninguém sabe o que foi. Para a ajudarem, os médicos terão de desvendar esse mistério e começar pelo seu passado... por ele.
Lucian. O grande e único amor de Catherine, a quem ela abandonou uma noite, sem qualquer explicação, estilhaçando a vida de ambos. Anos depois, Catherine e Lucian voltam a encontrar-se. Tudo pode acontecer pois a paixão que os uniu mantém-se... mas sobre eles pesa ainda o segredo daquela noite fatídica. Catherine sabe que chegou o momento de o revelar.
Será a verdade capaz de salvar este amor imenso que nem o tempo conseguiu esmorecer?
Ou irá destruí-los de novo, arrastando-os irremediavelmente para o abismo?
 O que acontece a seguir está na origem do silêncio de Catherine.
O que acontece a seguir... é a única coisa que ninguém podia prever.
Lançamento mundial do thriller de uma nova autora.




Título: O Regresso de um Estranho
Série: Série Poldark
Autor: Winston Graham
Nº de Páginas: 432
Editora: ASA
Género: Romance
Data de Publicação: 24 de Julho

Sinopse: 
Ross Poldark - jovem, belo e rebelde; regressa da guerra para encontrar o seu mundo em ruínas.
Elizabeth Chynoweth - bela e volúvel, é a mulher que não esperou por Ross Poldark; está noiva do seu primo.
Demelza Carne - criança maltrapilha salva por Ross Poldark; vai mudar o destino da família.
O jovem capitão Ross Poldark está de regresso à Cornualha após dois anos a combater na América. É um homem transformado pelo que viu na frente de batalha. Acima de tudo, deseja sarar as feridas, retomar a vida que deixou para trás e avançar com os planos que traçou para o futuro.
À sua chegada a Inglaterra, porém, descobre que o pai morreu, a mansão da família encontra-se ao abandono, entregue a criados bêbados e aos animais da quinta, e a mulher que ama - convencida de que ele morrera nos campos de batalha - está agora noiva do seu primo.
Terá de começar de novo, se quer reconstruir tudo aquilo que alguma vez lhe foi precioso.
Mas quando, uma noite, salva uma criança em perigo e a leva para casa, está longe de saber o novo rumo que a sua vida irá ter...
Com a paisagem de Cornualha como pano de fundo, O Regresso de um Estranho dá início a uma saga arrebatadora.
O primeiro volume da saga Poldark que a BBC transformou em série de enorme sucesso e cujos 11 volumes o autor escreveu ao longo de várias décadas. O escritor britânico Winston Graham ficou conhecido por ser o autor de Marnie, que Alfred Hitchock transformou em longa-metragem de sucesso em 1961 com Sean Connery e Tippi Hedren como protagonistas.

A Vossa Gothic Clare





terça-feira, 26 de junho de 2018

Vamos ao Cinema #1 - "Adrift"


Título: À Deriva
Título Original: Adrift
Realizador: Baltasar Kormákur
Atores: Shailene Woodley, Sam Claflin
Data de Estreia: 14 de Junho 2018
País de Origem: USA
Gênero: Ação, Aventura, Drama, Romance
Duração (min): 96 minutos
Para maiores de 12 

Sinopse: 
Do realizador de "Evereste" e protagonizada por Shailene Woodley ("A Culpa é das Estrelas" e "Divergente") e por Sam Claflin ("Viver Depois de Ti" e saga "Jogos da fome"). Baseado na inspiradora história verídica de dois espíritos livres cujo encontro fortuito os leva ao amor e, mais tarde, à aventura de uma vida. Quando Tami Oldham (Woodley) e Richard Sharp (Claflin), dois ávidos velejadores, se aventuram numa viagem pelo oceano fora, não se apercebem que estão a dirigir-se para um dos mais catastróficos furacões alguma vez registados. Após a tempestade, Tami acorda e encontro Richard gravemente ferido e o seu barco destruído. Sem esperança num possível resgate, Tami terá de encontrar a força e determinação para se salvar a si e ao único homem que alguma vez amou.

Opinião:
Decidi ir ver este filme ao cinema, em vez de ir ver o filme "O Hereditário" (um filme de terror que a minha mãe e a minha irmã decidiram ir ver e para ser sincera não gostaram lá muito). 
Quando vi pela primeira vez o trailer do filme achei logo que iria gostar, mas ao mesmo tempo fiquei com medo de não ser tão bom quanto isso, já que não via muitas opiniões.
Na sala de cinema só estava-mos 7 pessoas, isso deixou-me logo apreensiva, já que a sala era grande estava praticamente vazia. Fui à última sessão de uma Sexta-Feira e estranhei tão pouca gente, mas continuava com esperanças que o filme pudesse ser bom, já que era inspirado numa história verídica.

PODE CONTER SPOILER

Tal como podem ler na sinopse, o filme conta a história de um casal Tami (shailene Woodley) e Richard (Sam Claflin), os dois californianos e ambos com sonhos pela frente. Tami tinha decidido viajar de mochila às costas e um dia a sua paragem é no Taiti, tal como Richard, este viajava no seu veleiro e parou na costa do Taiti para conhecer novos povos e novas culturas. 
Acabam por se apaixonar e pouco depois é lhes proposto fazer uma grande viagem de barco até à Califórnia, mas esta viagem acaba por tornar-se o maior pesadelo da vida dos dois apaixonados.
Quando são apanhados por uma tempestade em alto mar, tentam superar esse grnade obstáculo, mas a tempestade é mais forte que a sua esperança. Após a tempestade, Tami ainda se mantinha no barco mas Richard tinha desaparecido, quando a namorada o encontra ele está gravemente ferido e têm que ultrapassar uma viagem sem recursos suficientes até encontrarem terra.
Mas será que tudo é o que parece?
Não... Aqui começam as alucinações e o desespero. A história torna-se cada vez mais emocionante e estranha.
Após 41 dias à deriva em alto mar será que Tami e Richard sobrevivem, será que tudo não passou de um pesadelo, ou será que só um deles conseguiu sobreviver!?

FIM DO SPOILER

Uma das coisas que mais gostei neste filme foram os flashback entre cenas. Percebemos constantemente que a Tami se está a lembrar de tudo o que viveu nos últimos tempos, incluindo a tempestade e tenta a todo o custo sobreviver.
Durante todo o filme conseguimos ver a química entre os protagonistas, a fidelidade que mantiveram à história original, o que para mim é extremamente importante.
Adorei a representação da Shailene e do Sam, dois grandes atores.
Nos últimos minutos do filme percebemos tudo o que aconteceu após a tempestade e recebemos uma mensagem de força e de esperança de que independentemente das dificuldades que enfrentes, se formos corajosos iremos conseguir superar tudo.

A minha avaliação do filme : 10 estrelas 


A Vossa Gothic Clare

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Li Até à Página 100 (NonFiction) #1 - Cenas de Crime


1 - Primeira Frase da Página 100
   «Em 1978, não estando satisfeito com o facto de ter escapado à cadeira eléctrica, Hillery interpôs recurso para novo julgamento com base no facto de os afro-americanos terem sido deliberadamente excluídos do jurí principal do condado de Kings em 1962»

2 - De que se trata o livro?
   "Cenas de Crime" é um livro técnico sobre investigação criminal. Neste livro encontramos uma descrição do trabalho de um cientista forense, das técnicas usadas, do kit do investigador forense e da evolução da ciência forense. Para além disto ficamos a conhecer alguns dos casos mais controversos dentro de cada tema/capítulo.

3 - O que estás a achar até agora?
   Estou a gostar muito. 
   Esta é a profissão para a qual estou a estudar e a verdade é que estou a aprender muito com este livro.

4 - Qual pensas ser o objetivo do livro?
   Na minha opinião com este livro o autor quer dar a conhecer aos leitores a profissão que leva tantos criminosos para trás das grades e que é pouco valorizada.

5 - Vais continuar a ler?
   Mas que pergunta!!! Claro que sim.

6 - Se terminasses aqui o livro, quantas estrelas lhe darias? Porquê?
   Para os livros de NonFiction eu pontuou de 1 a 7 estrelas.
   Para este livro daria 6 estrelas.
   Não dava as 7 estrelas por vários motivos, a letra é muito pequena e existe pouco espaçamento entre cada parágrafo.
   Daria 6 estrelas porque o livro está realmente bem escrito, a investigação que o autor fez do tema está fantástica e foi muito bem realizada.

7 - Última Frase da Página 100.
   «Vestígios com 25 anos tinham finalmente apanhado um assassino descuidado e a hostilidade e teimosia de Hillery custava-lhe outros 25 anos a viver atrás das grades sem perspectiva de liberdade condicional.»

Extra: Palavras-chave -- Ciências Forenses, Investigador, Crime.

A Vossa Gothic Clare